domingo, 2 de março de 2008

" AS ESTRELAS ESTÃO Á TE CHAMAR LÁ FORA".







As estrelas estão lá fora agora á te chamar, elas brilham com reluzente brilho e não cansam de te esperar, não quero que você chore agora,não quero ver lágrimas no teu lindo olhar, não é momento de prantear, mas de a vida celebrar. Eu sei que a tua febre ainda não passou, eu toquei de novo em tua testa e percebi que a temperatura do teu corpo até aumentou,mas tudo vai ficar bem,eu sei que uma hora ela terá de ir embora.
O coquetel está sobre a mesa, eu vou pegá-lo para você, eu sei que não gostas de tomá-lo, mas ele tem sido um bom remédio que tem te ajudado, e é o único tratamento que nós conhecemos, até aonde sabemos é uma das poucas coisas que podem te ajudar, até a cura chegar.
No momento é importante mudar certos hábitos, tornar a vida mais saudável, se cuidar é algo que nos é viável, eu e nossos amigos estamos aqui pra te ajudar com a força do nosso amar.
Não fique triste e nem pense na morte, ela ainda tua vida não vai ceifar, mas uma boa armadilha pra ela nós vamos preparar, muitas canções ainda juntos vamos nós cantar. Eu sei que nestes últimos dias notastes que andastes perdendo peso, mas agora não se importe com a tola vaidade, pra mim você continua estando bem, sim você está bem assim, temos de ver quantas coisas boas existem ao nosso redor, temos de explorar em nós o que temos de melhor, chega de só ficar prestando atenção no rosto da dor. Sente-se aqui do meu lado,veja há muito espaço,vamos assistir um dvd, ah esse não,este filme já ficou muito demodê!Hoje quem vai fazer a pipoca sou eu, não vou colocar muito sal,eu sei que você não gosta,está vendo como eu sou bonzinho,sou ou não, o teu Romeu?
Tudo na vida passa, menos o amor e a amizade, não vou deixar você se entregar,eu ainda preciso da tua presença junto á mim, eu ainda preciso do teu lindo sorriso que só me traz bem estar. Vamos ficar hoje em casa, assistindo um bom filme, e comendo pipoca que eu sei que é algo que você gosta, amanhã a gente pode até pensar em sair, quem sabe se você melhorar podemos ir há um restaurante e sentados em uma mesa pedirmos pra nós um lauto e delicioso jantar?E assim comemorar mais um dia que passamos juntos, pois cada dia que transpusemos juntos e unidos é motivo pra celebrar e nos alegrar. Depois do filme, se quiseres podemos ir até lá fora, dar uma olhada nas belas estrelas que continuam á lhe esperar, elas que são suas amigas sinceras querem lhe dar uma boa noite, e te desejar um bom descansar. Tu dizes que o teu sorriso anda cinzento, eu não acho isso, pois sempre procurei ver bem além da beleza estética que ele poderia me mostrar, mesmo agora quando me sorris com teu sorriso com cor de ferrugem, vejo nele o teu verdadeiro amar, que é o que me mantém vivo, é o meu ar. Tem gente que não vê uma luz no fim do túnel, mas pra gente a coisa nunca foi assim, por mais escuro que a nossa estrada esteja,sabemos que uma hora uma luz pra nós vamos achar, e na força deste acreditar, sempre teremos o poderoso amparo do nosso lindo amar. Eu sei que você já enfrentou muito preconceito, tem gente que até hoje tem medo de pegar na tua mão, mas não ligue para isso não, tais pessoas são ignorantes em termos de informação,outras pobres de espírito e medíocres em seu tosco coração. Agora que acabou o filme você quer ouvir Elvis?Qual?O Costelo ou o Presley?Ahhh...tu queres curtir o Elvis the pelvis, legal.Eu sempre gostei muito dele também, sua dança e musica sempre serão algo atemporal.
Esta vendo?O que eu te disse?Não disse que ia chegar uma hora que a tua febre ia passar?Isso é um sinal, que no fim tudo há de ficar muito bem, hoje eu rezei por você, eu creio que tudo irá ficar zen. Amanhã vou mandar arrumar o teu computador, assim poderá começar á escrever logo o seu livro, assim não achará tempo pra achar quase tudo aborrecido, e nem vai tanto querer se lembrar que no nosso caminho existe ainda resquício da presença da dor. Amanhã vou comprar mais camisinha, para que quando estiveres melhor, possamos fazer um gostoso amor. Agora que a febre já passou,vamos até lá fora no terraço,tomar ar fresco que é algo tão gostoso, e dar boa noite as nossas amigas as estrelas, elas com seu intenso brilhar,estão com carinho á nos chamar, pois lá do alto com sua luz reluzente,elas querem fazer um doce afago na gente. Vem comigo,eu te ofereço o meu braço pode nele se apoiar,sabe quero te dizer que eu te amo, e que para sempre eu vou te amar.

- AIDS. As pessoas andam tão em pânico por causa da AIDS que começam a ver riscos de contaminação até numa galinha ao molho pardo. O que, naturalmente, é ridículo - a não ser que a galinha esteja com AIDS.
(Perry White)

VIVENDO 20 ANOS COM O VÍRUS H I V.

Valéria era uma menina rica que embarcou com o pai num cruzeiro no Natal de 1986. Ambiente estritamente familiar. Vovós, netinhos, papais e mamães divertiam-se na piscina e nos jantares de gala. Foi nesse idílio, imune aos perigos da terra firme, que a garota de 15 anos conheceu o primeiro namorado. Com o surfista, dez anos mais velho, perderia a virgindade.E dele pegaria o vírus HIV. Valéria completou 20 anos de vivencia com o vírus. Quando recebeu o diagnóstico, as pessoas viviam em média seis meses depois da notícia. Aos 18 anos, Valéria era uma menina sem perspectivas. Valéria não morreu em seis meses. Nem em seis anos. Duas décadas se passaram e a morte não veio. A vida ficou suspensa. Por muitos anos, não valia a pena cursar uma faculdade ou pensar em casamento. O horizonte começou a mudar em 1996. Valéria passou a usar o coquetel de medicamentos contra o vírus HIV que acabara de ser lançado. E voltou a traçar objetivos. Em 1997, publicou uma autobiografia, que já está na 19ª edição e vendeu mais de 200 mil exemplares. Aos 35 anos, hoje ela estuda Jornalismo e percorre o país fazendo palestras em escolas.

( O CASO DESCRITO ACIMA NÃO É FICTICÍO, É FATO REAL ).

DEDICO ESTE TEXTO Á RENATO RUSSO, CAZUZA E A FRED MERCURY-, E À TODOS OS BRASILEIROS QUE SÃO PORTADORES DO VIRUS HIV, QUE SÃO OU FORAM VITIMAS DESTA QUE É UMA DAS GRANDES CHAGAS DOS NOSSOS TEMPOS, A AIDS.
ELTON NEVES- O ANJO DAS LETRAS-, DOMINGO, 2 DE MARÇO DE 2008.
------------------------------------------------------------------------------------
A PROSA POÉTICA DESCRITA ACIMA-"AS ESTRELAS ESTÃO Á TE CHAMAR LÁ FORA",-É DA AUTORIA DE -,ELTON NEVES.

Nenhum comentário: