Google Translate

" OS TEUS BEIJOS ME SÃO OBCECADEMENTE DESEJADOS".

terça-feira, 3 de junho de 2008.



Os teus beijos me são obcecadamente desejados, eles trazem uma doçura única que eu bebo em teus deliciosos lábios vermelhos, eu sorvo este doce mel que me leva ao encantado céu que escorre de tua boca rubra, quente e gostosa, minha linda fada encantada.

Quem pode viver sem um beijo?Eu já não consigo, tu sabes que sempre anseio pelo teu ardoroso ósculo que me é bendito, é encontro de línguas sequiosas de duas pessoas apaixonadas por matar sua sede de amar, o meu buscar constante é te beijar á todo instante minha querida amada que tens um beijo abrasante.

Um beijo pode ser molhado, mas quando é bem dado jamais será esquecido, um beijo pode ser lascivo deixando-nos os sentidos deverás excitados, um beijo pode ser também um selinho que se bem dado pode deixar alguém apaixonado, um beijo nunca é algo repetitivo, pois aquele que virá á seguir trará consigo um gosto novo de um ósculo que nunca antes fora sentido. Um beijo bem aplicado nos lábios pode deixar quem o recebeu dos seus males curado, pois não há melhor remédio neste mundo do que um beijo bem dado por quem está enamorado. Beijar nunca é demais, quem já experimentou que pare se for capaz, beijar com ardência não deve ser considerada uma indecência, pois quem beija assim está á andar no doce caminho do amar.

Por isso te digo minha linda moça, nunca deixe de quem tu gostas um momento de beijar, no contato ardoroso e apaixonado dos lábios dos enamorados tu encontrarás um motivo para esta tua vida celebrar. Sentirás vontade até de nos braços do amor dançar, com tua felicidade o mundo desejarás encantar, tamanho é o feitiço místico que existe neste ato maravilhoso e fantástico que é dos deuses um doce manjar, que é a boca de quem amamos apaixonadamente e constantemente beijar.

A poesia postada acima e intitulada- “Os teus beijos me são obcecadamente desejados-, é da autoria de Elton das Neves O Anjo das Letras.







Comentários:

TEXTOS E CRÔNICAS DO ANJO DAS LETRAS. © Copyright 2007 - 2017 | Design By Gothic Darkness | Editado por Lizza Bathory