Google Translate

Deitados debaixo das nuvens da paixão

terça-feira, 4 de novembro de 2008.
Hoje olhando para a lua pensei em ti, e minha alma sentiu-se totalmente nua, lembrei-me do gosto doce do teu beijo que tinha gosto de mel, e que com ele me transportava ao céu...

A lua que com seu brilho me fascina, que com sua visão de deusa desnuda, muda, de beleza eterna, etérea, em mistérios ricos, lembrando-me daqueles teus beijos com gosto de mel, lembranças que me alucinam...
[Elton das Neves]

O mel de seus beijos escorre sobre meu corpo e perene fica cravado nas minhas mais belas lembranças.

Deitados desnudos debaixo do brilho da lua, as nuvens são nossas mais delicadas cobertas.

E nosso amor chega ao êxtase sublime de nossas doces almas.

Momento mágico toma conta de nosso ser... Desmentido jamais será... Momento único e tão somente só foi esse nosso encontro. [SISSA GUERRA].

Esta poesia é da autoria de Elton das Neves O Anjo das Letras e de Sissa Guerra.

Comentários:

TEXTOS E CRÔNICAS DO ANJO DAS LETRAS. © Copyright 2007 - 2017 | Design By Gothic Darkness | Editado por Lizza Bathory