Google Translate

"AINDA É CEDO"!

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008.
Não queria que você fosse embora assim tão cedo, pois adorei te conhecer, e tornar-me teu sincero amigo.
Queria entender os mistérios da vida, porque as pessoas boas têm de ir de encontro ao seu fim, tão jovens, elas que são as flores perfumadas deste nosso belo jardim.

Não queria que você passasse pela porta assim tão cedo, pois tu és uma flor tão nova e viçosa, o jardineiro com a tesoura em suas mãos, quer cortar-te, por entre as rosas todas vem ele passando.

Adoro pensar em você todos os dias, em seu belo sorriso, em suas manias, na tua beleza cheia de graça, na mania de insistir em ficar, em brigar pela tua vida.

Teu coração esta inchado agora, o teu ar te chega aos pulmões por meio de aparelhos, suas pernas ainda não têm movimentos, e eu daqui invoco os anjos, para te guardarem e sua vida pouparem.

Como seria minha vida sem você, isso eu não sei dizer, porque eu não tenho o poder de te reter?A vida me dá seu sorriso sem graça, cheia de mistérios esta envolta, sua mascara cinza não me deixa saber o porquê, de eu tão cedo ter de perder você.

Se por um acaso você sobreviver, eu quero toda esta dor poder esquecer, e então guardarei todo meu carinho que te tenho em meu coração de menino. Mas uma só coisa eu te peço neste momento para mim tão duro, não me deixe aqui sozinho, não vá embora, pois ainda é cedo.

A
I
N
D
A
É
C
E
D
O.


ELTON DAS NEVES O ANJO DAS LETRAS.


...É tão estranho,os jovens morrem cedo,assim parece ser quando penso em você...
"Renato Russo".-1960-1996.

1 Comentário:

Inubia disse...

Oi Poeta...
Que lindo esse texto, uma declaração de amor a cada palavra escolhida...isso significa sensibilidade!!! Bjs

TEXTOS E CRÔNICAS DO ANJO DAS LETRAS. © Copyright 2007 - 2017 | Design By Gothic Darkness | Editado por Lizza Bathory