sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

"A MENINA QUE AGORA DORMINDO ANDA POR REINOS DE LUZ".

Disseram-me que agora você está dormindo, em um coma profundo e induzido, sei que estás longe neste momento, que por algum tempo não saberá desta prosa que lhe escrevi, e de nada que por esses dias que passaram, minha pena autoral criou, ou que naqueles que virão, ela poderá compilar.

Não sei em que reinos tua alma anda agora, espero que não sejam semelhantes aqueles em que andavas aqui, quando estavas acordada no convívio conosco, aqueles por certo eram reinos sombrios de dor e solidão.

Espero que anjos do céu peguem em tua delicada mão, já marcada pelos sinais do sofrimento continuo, e te levem por alguns poucos dias, há reinos melhores, cheios de luz,paz e aonde a dor não pode alcançar, quem neles transita.

Sei que estás bem agora, eu é que não me sinto com um espírito animado e confortado, e sabendo que estas assim,como seria ao contrário?Queria-te acordada, tão desperta para a vida, quanto seu coração estava para o amor.

Sei que por estes reinos que agora andas, para mim eles são impenetráveis, não poderei neles entrar para te buscar, só devo agora orar por ti, e seguro nas mãos de São Rafael Arcanjo devo em Deus esperar.

Só devo resistir é ao canto sedutor e hipnótico das musas da tristeza. Elas como encantadas sereias querem envolver-me a alma, para que assim possam fazer com que eu escreva coisas tristes e melancólicas. Mas não quero entregar-me ao encanto mágico delas, muito menos encher minha alma com sua doce melancolia, para que assim da ponta da minha pena poética, não possa brotar palavras de pura dor e agonia.

Estou aqui a te esperar agora, as tuas amigas, as borboletas multicoloridas toda manhã me visitam,entrando pela minha janela. Elas voam ao meu redor espargindo de suas asas coloridas, centelhas de esperança, confiança e amor, elas também sentem falta de você.

Elas me trazem esperança em te ver bem de novo, confiança que acordarás curada, e amor que procede de nossa amizade fiel e sincera. Só que quero que saibas, que sempre estarei aqui em casa te esperando, e quando cansares de andar por estes teus reinos encantados, volte para nós, seus amigos, que sem a tua presença, nos sentimos da vida tão cansados.


ELTON DAS NEVES O ANJO DAS LETRAS.

Sandra Ferro, grande blogueira brasileira, encontra-se em estado de coma profundo e induzido, meu coração sangra por esta minha amiga. Peço a todos que orem por sua recuperação plena, saiba que um Pai Nosso ou uma Ave Maria que rezares será de grande valia para o pleno restabelecimento da Sandrinha. Ela gosta muito de borboletas, que nossas orações sejam como as borboletas multicoloridas desta prosa poética, que elas possam espargir esperança, confiança, amor e, sobretudo cura espiritual e também física a Sandrinha. Sandra Ferro sofre do mal da anemia falciforme, doença que segundo ela mesma me disse, ainda não tem cura. É uma doença que se desenvolve entre pessoas da cor negra, muitos negros em nosso país morrem sem saber que tem tal enfermidade. Que Deus abençoe a Sandrinha e a todos vocês que orarem pelo seu pronto restabelecimento.
Elton das Neves O Anjo das Letras
-Cubatão, 19 de dezembro de 2008.

Blogs da Sandrinha:
http://brancoausencia.blogspot.com
http://fazendomanha.blogspot.com
http://minhanegranoite.blogspot.com

A pintura no topo do texto, ao centro, tem como titulo "Visitation of innocents" de Allan R. Banks.

3 comentários:

Bia disse...

Ela não está só, com certeza está entre amigos de luz que a confortam nesses momentos.

Malu disse...

Oi...
encontrei o teu blog atraves da Sandra...e gostaria que se vc souber mais alguma coisa sobre o estado dela me avisasse, se for possivel.

Obrigada

Malu disse...

Muito belo o texto que vc fez para ela...

beijo