Google Translate

" O DESEJO DE NÃO SENTIRMOS DOR"!

terça-feira, 2 de dezembro de 2008.
“Tudo é dor, e toda dor vem do desejo de não sentirmos dor”...
Renato Russo.- 1960-1996.


Não olhe para mim assim, não quero a tua piedade, mas o teu amor até o fim. O meu braço agora dói, mas tenho coragem para enfrentar a dor, minha alma humana ela não corrói. Já te disse, não quero que tenha pena de mim, o sofrimento momentaneamente me aflige, mas meu espírito convicto ele não atinge. A vida é uma enigmática esfinge, ela para bem na tua frente e te diz:- Decifra-me ou devoro-te!A maioria das pessoas coitadas, por errarem o sentido do enigma, são devoradas pela vida, vivas, pobres almas desvalidas.


As respostas sempre estarão dentro de você, basta nisso convictamente crer, só basta buscá-las em seu devido tempo, e ter um ouvido interior atento, se não passará por esta tua existência sem nada importante saber. A dor está em todo lugar, todos já sentiram o seu amargo abraçar, eu mesmo sei o que com ela é verdadeiramente dançar. Mas a dor nos é necessária, pois ela existe para podermos com sua fita métrica, medirmos o prazer***, ela, além disso, nos ensina á sermos mais humanos, e de uma forma mais coerente à vida poder ver.

O sofrimento é o fogo que nos purifica, e nos transforma de lobos em ovelhas, quem não aprende com ele, estará perdido para sempre. Sei que nascemos para sermos felizes, mas sem aperfeiçoamento, seremos meros frustrados aprendizes, de almas infelizes. Sou aluno do amor, que da vida é o seu maior professor, quero aprender aquilo que me é necessário, e nesta escola me formar com louvor. Ah meu doce e querido amor, depois que essa dor insistente passar, quero um beijo teu, e contigo fazer amor. Eu vi a alegria voltar pra mim, e trazer em suas mãos para me dar, flores lindas do seu belo jardim.

ELTON DAS NEVES O ANJO DAS LETRAS.


*** “A dor existe para que se possa com ela medir o prazer”.Esta é a frase original daonde tirei á que criei acima no texto-, “ Mas a dor nos é necessária, pois ela existe para podermos com sua fita métrica medirmos o prazer”. – Ela é um provérbio tibetano citado por Sua Santidade o Dalai Lama em seu belo, ainda que trágico, livro de memórias Minha Terra e Meu Povo (Editora Palas Athena, São Paulo, 1988).


Querida Sandra este texto é pra você, que a tua dor se converta em cura, paz e alegria para tua alma e vida, sou e sempre serei o teu anjo amigo e querido.
Elton das Neves O Anjo das Letras.- Cubatão, 2 de Dezembro de 2008.

-----------------------------------------------------------------------------------
Blog da Sandrinha, "De mulher para mulher":
http://fazendomanha.blogspot.com/

5 Comentários:

Fernanda! disse...

...mas meu espírito convicto ele não atinge.

Vc tem um dom com as palavras que é incrivel! Queria saber de onde vem tanta sabedoria.

Que Deus proteja esse teu dom.

Bjos de luz!


P.S; E pq nao estou mais na lista do seu siga-me rsrsrssr

de mulher pra mulher disse...

´vc é maravilhoo!!!!!!!!!!1
adorei o post,, de uma sensibildade incrivel..pero este post é lindo!!!!!
voun demorar um poco a entrar na net..estou indo a hospita..ador está demais..prcido de tratamento urgente( se eudar uma suidinha não se preocupe a dor é tamanha e nãoestoou conseguindo controlar..pelomeno lé estarei bem assistida :)
ssim que eu voltar te aviso
.
.Sandrinha
bjos..nocoração
.
.Sandrinha

blogdaro disse...

A dor as vzs incomoda, mas depois de passar vimos que aprendemos e somente com a DOR podemos sentir a reliadade...infelizmente.
Muito bom aqui...Beijos querido

www.dollyta.blogger.com.br
Sensualidade & Atualidade

Francisco Castro disse...

A dor é um sentimento invisível que pode aparecer das mais variadas formas, mas a dor mais terrível, mais cruel e mais matadora é a do sentimento. Esta dor mata, dilacera, deixa a pessoa frágil. O seu único remédio é o amor, a compreenção e o compartilhamento.

Anonymous disse...

Muito bom esse texto...assunto presente de cada dia, de cada ser humano.Gostei muito!!

Inubia
Salvador/Ba

TEXTOS E CRÔNICAS DO ANJO DAS LETRAS. © Copyright 2007 - 2017 | Design By Gothic Darkness | Editado por Lizza Bathory