Google Translate

" NOSSO AMOR NA ETERNIDADE"!

sábado, 31 de janeiro de 2009.
Meus dias podem passar, mas o que sinto por ti jamais passará, meu sentimento romântico será eterno, mas nada deste negócio de ser imortal o quanto dure. Pois o tempo de validade do que sinto por você é o da eternidade.


Sabe eu não sei qual a idade do sol ou das estrelas do universo, só sei que eles estão lá no firmamento há mais tempo que eu aqui em minhas andanças na terra, no entanto eu desejo que o nosso grande amor seja como eles, sempre antigo e sempre novo.


Hoje andando em meio a multidão pela avenida principal de nossa cidade, um rapaz esbarrou no meu braço, então se aproximando mais perto de mim, cochichou-me ao ouvido dizendo-me:- Ela te ama, e assim o fará para o resto dos seus dias!-, quando ia virar-me para respondê-lo o jovem rapaz de súbito havia desaparecido, acho que foi um sinal do céu, tenho certeza que ele era um anjo.


Pensando em eternidade eu reflito em teus beijos, querendo-os que sejam para sempre, em teus abraços e que eles nunca se desfaçam, em tuas palavras de amor e que eu sempre ás ouça, em seus bilhetinhos escritos á mão no papel e em seus e-mails na minha caixa de correio eletrônica e que eu os receba para o resto da minha vida.

Amei-te ontem, amo-te hoje e sei que te amarei amanhã, desejando-te completamente e totalmente, querendo-te por inteira, procurando te ter á cada segundo e minuto do meu respirar neste nosso planeta. E mesmo que um dia a morte nos venha, nem ela conseguirá desintegrar a força do nosso sentimento amoroso, mas ela nos unirá para sempre no tempo, no espaço, em algum lugar bem no meio da eternidade.


ELTON DAS NEVES O ANJO DAS LETRAS.

"O amor só descansa quando morre. Um amor vivo é um amor em conflito". (Frases e Pensamentos de Paulo Coelho)

"Tão bom morrer de amor e continuar vivendo". (Mário Quintana).

1 Comentário:

Natan de Alencar disse...

Um escrito de bastante força romântica, refletindo uma crença absoluta no amor, na mulher como solucionadora de todos os conflitos da alma do poeta.

TEXTOS E CRÔNICAS DO ANJO DAS LETRAS. © Copyright 2007 - 2017 | Design By Gothic Darkness | Editado por Lizza Bathory