sábado, 28 de fevereiro de 2009

AMOR DE CARNAVAL!

Ela passa com a cara escondida atrás da máscara. Essa menina é mistério, seu semblante é um segredo elegante.Os confetes festivos, feito alegres dançarinos, lhe caem na face suada, ainda disfarçada pela carnavalesca máscara.Sua dança ritmada pelo samba, me deixa febril, suas ancas balançam, colocando-me em um estado servil.

Em meio aos foliões, ela passa charmosa e, em meio aos esbarrões, hipnotiza a todos que a vêem, fazendo com que dêem uns nos outros encontrões.Ela segue sambando e com a musica do salão se animando, fantasiada e portando sua máscara, tem as madeixas amarradas no alto da cabeça.

Tem o gingado malandreado na cintura fina de sedutora dançarina.
Seu sorriso é um convite ao devaneio romântico, ao sonho com o paraíso perdido. Sua pele morena clara transpira uma sensualidade magnética, que hipnotiza, fascina, e a alma alucina.

Eu a seguirei por todo o salão, com o coração na mão.E descobrirei no momento certo, o rosto que se esconde por detrás da máscara de enfeites reluzentes.Misturarei-me em meio a multidão carnavalesca, mergulhada no ritmo preciso da música tocada pelo tamborim e cuíca, á turba que tomada pela mão da esfuziante folia, dança leve e solta, queimando-se na labareda do fogo da alegria.

Agora ela, o objeto do meu desejo, bebe, samba e ri, enquanto os ponteiros do relógio seguem apontando as horas que já são tardias. Espero, e quando estiver pronto, dela me aproximarei para o bote certeiro. E, no restante da madrugada, seu corpo delicado, será meu, até a última gota do derradeiro orgasmo. Até o último acorde da música no salão de baile.

-------------------------------------------------
ELTON DAS NEVES O ANJO DAS LETRAS.

Um comentário:

Fernanda! disse...

Sempre tão intenso nas palavras...Gosto disso em vc.

Texto fantastico!


Uma abraço doce poeta!