segunda-feira, 16 de março de 2009

GOSTO DE UM AMOR DEVASSO.

Gosto de beijar na chuva, contar estrelas, fazer amor logo que amanhece, dormir agarrada com as pernas entrelaçadas, gosto de ficar de quatro no ato libidinoso e apaixonado.

Gosto de sussurro ao pé do ouvido, do orgasmo que me é prometido no cochicho proferido. Não dispenso ser acariciada por você, meu amante devasso.

Gosto de ouvir mil vezes me dizeres oh eu te amo!E totalmente suado me possuíres por completa, com a janela aberta, sem se importares se seremos ouvidos por toda a vizinhança.


Gosto do beijo sutil, mas não me desagrado se ele, no entanto se tornar selvagem, desde que não se torne pueril.

Amo tua sinceridade, ao me tomares em teus braços fortes, tornando-me tua mulher, amada pelo teu coração ternamente e fervorosamente.

Deleito-me em beber altas dosagens do teu amor, e assim sentir em relação a você, que não sou uma qualquer.


ELTON DAS NEVES// CRISVIANA.

Um comentário:

Anonymous disse...

Muito bom esse adorei .. me identifiquei acho q todos q amam plenamente se identificaramm..
Como sempre nos surpreendendo cada vez maiss..

bjoss meu lindo!

vivianne machado