Google Translate

A DOR DE UM ABANDONO!

quinta-feira, 30 de abril de 2009.
***Não saia de perto de mim, ou cortarei meus pulsos em um impulso desesperado, me dê antes, um beijo ardoroso e prolongado, um que não traga na ponta da tua língua o veneno do seu descaso.
***Sente-se comigo a mesa e coma, enquanto ainda a comida esta quente, pois sei, seu coração há tempos me é frio, o meu por causa disso se ressente, reclama, grita e sofre.
***Hoje na janta temos estrogonofe regado a vinho tinto e há um relacionamento que parece não ter mais sentido, amo-te ainda, mais sei, não me queres mais, e para isso eu não vejo nenhuma saída.
***Só não parta esta noite, se furte de me abandonar logo depois desta ceia, se quiser ir embora, o faça amanhã, acorde cedo, e junto ao meu travesseiro enquanto durmo, deixe-me uma carta de despedida, e que nela esteja descrita sua justificativa por esse seu abandono, mas rogo-lhe, nesta sua missiva, em suas linhas, não esteja escrita, nenhuma explicação baseada na mentira.

ELTON DAS NEVES O ANJO DAS LETRAS.

Comentários:

TEXTOS E CRÔNICAS DO ANJO DAS LETRAS. © Copyright 2007 - 2017 | Design By Gothic Darkness | Editado por Lizza Bathory