quarta-feira, 8 de abril de 2009

DEUSA ESCANDINAVA.

Derrama agora sua beleza loira em cascata sobre minha cabeça, ela me é uma coroa dourada. Quero sentir sua pele arrepiada tocando a minha, poder então vislumbrar os pelos dourados do teu corpo, totalmente eriçados, pelo prazer do toque insinuante de dois jovens amantes.

Adoro ter diante dos meus olhos, os contornos dos teus lábios vermelhos, e no convite do teu olhar pedinte, poder beijá-los sem pudor, tendo como testemunhas os cupidos do dulcíssimo amor.

Ao sentir sua respiração tão forte junto ao meu peito, quando estamos abraçadinhos assim desse jeito, me emociona completamente, e mergulho totalmente nesta paixão que de tão doida, deixa minha alma voar sobre o céu, levemente.

Sei meu bem, na vida você já teve suas perdas, e até hoje tem de travar duras batalhas, no entanto, saiba que estou contigo, não só neste abraço, mas em todo tempo e lugar, para o que der e vier.
Só tenho consciência de uma coisa, desejo passar ao teu lado todos os dias da minha vida, podendo celebrar contigo, a dádiva de estarmos vivos, experimentando este nosso amor de tamanho infinito.

Seu sorriso de menina me acalma a alma, sua forma de ser mulher, ao Nirvana me transporta, fazendo de mim um iluminado buda.
Agora já você és minha deusa escandinava, sedutora tanto no corpo quanto na alma, uma deusa loira, que com suas madeixas platinadas me enlouquece divinamente, deliciosamente.

Sou seu e de mais ninguém, semelhante a um barquinho de papel, sou empurrado pelos ventos da paixão, em tua amada e querida direção.

ELTON DAS NEVES O ANJO DAS LETRAS.


AMOR-PAIXÃO-AMOR-PAIXÃO-AMOR-PAIXÃO-AMOR

Nenhum comentário: