Google Translate

UMA MÃE CHAMADA ESPERANÇA!- DIA DAS MÃES.

domingo, 10 de maio de 2009.
***Qual o tamanho do teu amor por mim, difícil de saber a extensão dele, mas tenho certeza mãe, que ele não tem fim.
***Tu foste nos primeiros nove meses de minha vida meu sacrário vivo, o templo sagrado onde morei por quase um ano de minha ainda existência frágil. Tenho certeza que os anjos habitavam comigo neste espaço santíssimo do teu seio maternal.
***Em meio ás dores cruciantes me destes a luz, pois é mãe, já vim ao mundo te dando muito trabalho, fazendo-te sentir uma imensa dor transformada por teu grande amor, em sorriso de alegria formado em teus lábios maternos. Tu foste e até hoje és assim, consegues tornar aquilo que é dor em alivio pleno, trevas em luz, doença em saúde, tua vida em minha vida, tem sido uma existência cheia de pequenos e grandes milagres.
***Não consigo imaginar-me sem que estejas perto de mim, ou ausente de forma absoluta do meu viver, tenho certeza que seria algo semelhante a ficar ser ar para poder respirar. Como mãe eu poderia no alto dos meus quarenta e dois anos, continuar a existir sem teu doce amor?
***Sou e serei o seu eterno menino, constantemente erguendo os olhos de infante pedindo socorro a tua majestade maternal, sempre fiz isso mãe, todas as vezes que os abismos da vida quiseram se abrir aos meus pés para me engolirem. E tu como guerreira imbatível me ajudastes a transpôs-los com segurança, totalmente incólume.
***Mãe, dizem que hoje é teu dia, mas todos os dias são seus, pois ser mãe não é coisa para uma data só, mas é algo que perdura para a eternidade.
***Agora escrevo esta prosa em tua homenagem, tu que me ensinastes a ler, formando em mim primeiro o leitor que mais tarde se tornaria o escritor. Tu me destes além da vida oh minha querida, o maior presente de todos, o da leitura, com isso, pelas tuas mãos conheci uma outra boa mãe, a Senhora Literatura.
***Obrigado mãe por tudo que sou e tenho, devo-te tudo, devo-te a vida, devo-te as alegrias presente nela, sendo que a maior delas, é a de ser teu filho, teu pequeno e frágil menino.


ELTON DAS NEVES O ANJO DAS LETRAS.

Dedico esta prosa poética a minha mãe, Esperança Lopes das Neves, minha razão de viver, a mulher da minha vida, a melhor mãe do mundo. Cubatão, 10 de maio de 2009. Elton das Neves O Anjo das Letras.
TEXTOS E CRÔNICAS DO ANJO DAS LETRAS. © Copyright 2007 - 2017 | Design By Gothic Darkness | Editado por Lizza Bathory