Google Translate

ELA É A MINHA DONA E EU SEU CACHORRINHO!

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010.
*******Ela me coloca na coleira, pois se declarou aquela que é a minha absoluta dona. E aí de mim que queira lhe resistir afinal já fui avisado que se assim o fizer, serei impiedosamente castigado.

___

*******A minha dona é docemente cruel comigo, gosta de nos dar prazer por meio de um sadismo embevecedor e ao mesmo tempo atormentador.

___

*******Realiza-se quando vestida de botas de couro, meias finas, calcinha fio dental, sutiã meia taça e usando em seu rosto uma mascara de tiazinha, portando em suas mãos onde está o poder orgástico, velas acesas, começa á pingar a cera quente derretida que procede delas sobre meu tórax desnudo.

___

*******Quando sai para trabalhar me deixa na corrente e ordena-me que eu fique assim a lhe esperar, sabe eu já tentei inúmeras vezes, mas contra a sua vontade não tenho como lutar. Só consigo obedecê-la, afinal sem ela a minha vida não tem nenhum sentido, e só realizando todas as suas vontades por mínimas que sejam é que sinto que vou além de mim mesmo, me torno um homem transfigurado, plenificado.

___

*******Ela não aceita me dividir com nenhuma outra mulher, é tremendamente egoísta com aquilo que diz que é dela, já me avisou várias vezes que, se eu sair da linha traçada por suas mãos de senhora única, não terá nenhuma piedade de minha alma.

___

*******Com destreza e sutil habilidade por completo me castrará, e isso para que eu não use nunca mais com outra fêmea, o falo escolhido por sua paixão senhorial e selvagem, aquele que marcou como seu exclusivo objeto de prazer sexual.

___

*******Meus amigos não me compreendem, desdenham deste meu amor incondicional por minha dona, ah eles não entendem a magnitude de um sentimento assim tão intenso. Em seus corações invejosos querem que eu me liberte deste meu relacionamento, em suas mentes de rapazes solteiros não enxergam que um cachorrinho sem sua dona, é como navegantes sem bussola em um barco, que ficam perdidos no meio de uma terrível tempestade que se dá em alto mar, um cachorrinho sem sua dona é semelhante a um mendigo que passa a sua existência a margem da sociedade tendo sua triste vida só a amargar.

_____


ELTON DAS NEVES O ANJO DAS LETRAS.

Comentários:

TEXTOS E CRÔNICAS DO ANJO DAS LETRAS. © Copyright 2007 - 2017 | Design By Gothic Darkness | Editado por Lizza Bathory