sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

A BENÇÃO DE SER MULHER!

*******Ser mulher te torna semelhante á Deus no que ele tem de mais delicado, doce, terno e materno, ao criar Nossa Senhora ele quis nos revelar este seu lado, que apesar de nos manter e guardar com o seu espírito de pai pode nos amar com o seu coração de mãe.

*******Ser mulher te torna imprescindível ao homem, afinal dentro da criação qual outra fêmea apesar de diferente em alguns aspectos se encaixa tão perfeitamente ás necessidades de amor e afeto do macho humano?

*******Ser mulher te torna parecida com a água limpa e cristalina, pois purifica a alma masculina lavando-a de suas dores, tristezas, pecados e mazelas. Pode ainda ser comparada á uma eximia construtora de alicerces que mantém esta mesma anima masculina em pé, para que ela não soçobre ante os dissabores desta nossa vida.

*******Ser mulher te torna a boa conselheira, e para dar teu conselho sabiamente não elevas a tua dulcíssima e forte voz nas praças publicas, e nem tampouco de cima dos palanques berrando-o aos tímpanos estupefatos das multidões, mas fala na privacidade de tua casa aos ouvidos do coração do homem que ao ouvi-la, parece que recebeu em si mesmo o abençoado bálsamo da sabedoria feminina.

*******Ser mulher te torna o templo da vida humana, pois em teu útero sagrado gera-a durante nove meses, nutre-a com teu sangue, com teu amor infindável, alimenta-a com tudo que teu corpo feminino provém de bom para ela. Seus peitos crescem em tamanho, afinal deles saíram o leite materno que nutrirá teu filho que é fruto feliz desta videira bendita á qual foi tornada por Deus.

*******Ser mulher te torna como Dalila que foi a queda de Sansão, no entanto te torna também como Éster que foi salvação e redenção de todo o seu povo.

*******Ser mulher te torna a cidadela de repouso e prazer inenarráveis para o homem cansado e atribulado de andar pelo deserto seco e de calor abrasivo de seu porco-chauvinismo. Ser mulher é como ser Lilith que diferente de Eva questionava Adão do porque que quando iam copular no amor, era ele o homem que tinha de ficar por cima, se sobrepondo a sua companheira, ela, a mulher.

ELTON DAS NEVES O ANJO DAS LETRAS.

Dedico esta crônica á minha mãe a dona Esperança Lopes, as minhas avós e bisavós,a Maria da Penha que para conseguir para si e para todas as mulheres do Brasil proteção e punição contra a violência masculina, teve de ser espancada pelo seu marido até ficar na condição atual, a de cadeirante. E á todas as mulheres desta nação verde e amarela, inclusive as lésbicas, porque ser mulher pode também ser aquela que ama romanticamente e sexualmente outra mulher.
Cubatão, 26 de fevereiro de 2010, Elton das Neves O Anjo das Letras.

Nenhum comentário: