quinta-feira, 17 de junho de 2010

O GOSTO ARDIDO DO TEU CORPO!!!

*******O gosto ardido do teu corpo em minha boca deixou a minha alma desvairada, este teu paladar em minha língua sem vergonha acendeu nela do desejo, a sua chama.

*******Língua sem vergonha sim, porque com ela passeei nos corredores eróticos de teu corpo entregue a minha concupiscência.

*******Tua agonia na busca incessante de sentir o prazer que ao tocar a minha pele te dá... lhe impulsiona á vir para os meus braços másculos, sente-te então como que levada pele febre da loucura da satisfação orgástica.

*******Deste nosso modo louco de nos amar, nos assemelhamos a duas serpentes místicas á se enroscarem nos cetros divinos de Eros e Afrodite, somos do pecado sensual o seu fogo, somos das taras da carne o seu azeite, somos do sexo o seu beijo de um gosto delicioso e de um ardor vulcânico.

*******Minha alma ás vezes sai de mim para ir atrás da sua, e por horas fica sobre ela, sentindo-a, conhecendo-a e quando esta volta para o meu corpo... parece neste seu retorno estar em chamas abrasadoras e luxuriosas.

*******Possuir-te, desejando-te assim com tanta paixão é como andar sobre um campo minado, é saber que se eu der um passo em falso estarei para todo o sempre perdido, ficando entregue perpetuamente ao teu espírito feminino lascivo.

ELTON DAS NEVES O ANJO DAS LETRAS.

Essa é para as minhas leitoras mais apaixonadas.

2 comentários:

Fernández disse...

Minha alma ás vezes sai de mim para ir atrás da sua...

Estes versos chamaram minha atenção em especial, o romantismo erotico te tua obra ainda encanta.

sofi disse...

vc colocou tudo que a gente havia conversado em seu poema meu poeta,realmente a alma ela vai aprocura de sua alma gêmea rsrs bjs