Google Translate

AMANDO UMA LOBA!!!

segunda-feira, 19 de julho de 2010.
******Teu cheiro da fêmea selvagem impregna tudo ao meu redor, ao senti-lo os pelos de minha nuca e braços ficam eriçados.

******Ao vislumbrar o brilho em teu olhar de loba predadora, meu coração começa á bater acelerado. Tua força de filha da terra se faz tão poderosa á simples manifestação da tua presença física que, faltam - me forças para resistir-lhe a sua magnética atração.

******Dos cantos de tua boca noto o escorrimento de tua saliva, é o salivar do desejo da fêmea pelo seu macho que á atrai pelo odor que se desprende de seu corpo másculo e também ante a sua visão de mancebo destilando sensualidade e masculinidade intensas.

******Deste modo uivas em direção da lua que como rainha de grande opulência e beleza impera acima de nossas cabeças lá do alto do firmamento cravejado por cintilantes estrelas, e com isso liberas a fêmea lupina que moras em teu interior de filha de Lilith.

******Liberam-se com tal acontecimento algumas mágicas substâncias em teu corpo feminino que á deixam perigosamente atrativa e praticamente irresistível á mim, que pensando ser teu predador nesta circunstância, mal tenho conhecimento que, não passo de uma indefesa presa em tuas garras de animal sedento em sentir o gosto do prazer.

******Perante a visão feliz da lua que sempre se compraz com a felicidade dos jovens amantes, despimo-nos não somente de nossas roupas, mas, sobretudo de nossa sanidade e de pudores que pudessem tornar-se obstáculos para a concretização da entrega passional de nossos corpos um ao outro.

******Deixo-me então possuído por sublime êxtase, devorar-me inteiro pela loba de lascívia implacável e sem medida que nesses momentos encantados sempre te tornas.


ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS.

Eu de certa forma sempre amei as mulheres que correm com os lobos, uivando selvagemente sob a luz prateada da lua.
TEXTOS E CRÔNICAS DO ANJO DAS LETRAS. © Copyright 2007 - 2017 | Design By Gothic Darkness | Editado por Lizza Bathory