sábado, 10 de julho de 2010

ATÉ CHEGARES COMIGO AO ESPARTILHO E AO CHICOTE...

******Até chegares comigo ao espartilho e o chicote, queres que eu te sinta como tu me sentes. Queres com que me apaixones primeiro pela tua mulher interior, depois disto feito, poderei então apaixonar-me pela tua mulher exterior, feita de carne, sangue e ossos.

******Vives me dizendo que não me vê homem tão somente, mas contemplas o poeta que há em mim, o artista literário, e que diferente de outras mulheres, a parte que mais gostas de mim não são os meus membros, mas sim a minha cabeça, a minha mente.

******Já chegaste á falar-me que ao se acasalar comigo, desejas fazer como o louva-deus- fêmea no final do seu conluio sexual faz com seu macho, desejas devorar-me a cabeça.

******-Eu quero tomar contigo o caminho inverso poeta!- não cansas de repetir-me. Com isso me mostra que para chegar ao homem que eu sou, quer primeiro atingir o Anjo das Letras, o escritor da sensibilidade e dos sentimentos nobres que tu dizes que carrego em minha alma humana.

******Antes de chegar ao espartilho e ao chicote comigo, queres que eu o poeta, te sinta e te conheça como poesia feita mulher, como uma verdadeira poesia humanada.


ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS.

Para aquelas minhas leitoras que ao mesmo tempo e de forma contraditória me são tão doces e vis.

Nenhum comentário: