quarta-feira, 7 de julho de 2010

TU VATES ERIS!!!

******Eu lhe quero menina inocente, cândida, terna e intensamente sorridente, mas depois vou lhe desejar mulher inteligente, culta, sensível, decidida e convicta no que objetivas.

******És uma Valquíria perfeita, serva de Odin, carregas em tua cabeça o elmo prateado da poesia, e em uma de tuas mãos a lança de ponta afiada da literatura, que tudo penetra e fere com a força de sua sabedoria.

******Voas garbosamente no cavalo alado da beleza integra de tua alma de artista, e levas com a velocidade de um relâmpago a mensagem dos teus escritos aos olhos e alma dos teus leitores, ávidos pela tua sabedoria literária feminina.

******A tua sensualidade ariana me fascina de tal forma que me transpassa o coração, como se ela fosse uma afiada espada, meus olhos ficam em festa ao contemplá-la em seu total esplendor. Nem Salomé em seus dias de glória em sua formosura física lhe é comparável oh musa dos escribas da imponente poesia.

******Mesmo nos dias cinza da tristeza e do amargor não te deixastes abater, lutaste com toda a força que tens em teu interior de mulher, mesmo quando a escuridão quis rodeá-la, oh princesa das poetisas, clamaste pela indulgência de Calíope que ouvindo a voz de teu clamor, correu em teu auxilio cercando-te com o sol de tua musica, e com a inspiração de sua “poiesis” divina.

******Apolo cheio de amor por essa mulher única que sóis tu, beija-te a boca profana de forma sagrada, e depois de afastar seus lábios dos seus, toca em tua testa quente proferindo sobre tua pessoa, a sua sentença divina: “Tu Vates Eris”!

ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS.

---
Essa prosa poética é em homenagem há uma de minhas mais diletas musas, Sulla Mino a poeta-(foto acima)-, uma de minhas grandes irmãs nas artes das letras.
---
Leia o blog literário de Sulla Mino: http://sullamino.blogspot.com/

Um comentário:

Sulla Mino disse...

...Valquíria perfeita, serva de Odin? Não mereço tanto!!...Uma afiada espada...Gosto desta frase, é como um céu cinza em minhas letras.
Caro Anjo, de sabor doce às minhas letras...Obrigada pela homenagem a esta humilde poetisa, apareço e cresço com tamanhas palavras de carinho e singelos gestos de amor.
Minhas eiras e beiras na arte de escrever,fez-me conhecer você e virtualmente um Anjo voa comigo, sem asas...Por aí...


Bjks,
Sulla mino