segunda-feira, 27 de setembro de 2010

O beijo do adeus!!!

*****O beijo que tu me deste se tornou doce em meu corpo, no entanto ganhou um gosto amargo quando alcançou a minha alma.



*****Foi o beijo do adeus, do adeus á um amor que não deu mais certo, afinal nele a alegria já tinha deixado de fazer sua morada, sendo deste modo ela deu seu lugar á tristeza e dor, e eles começaram á partir disto a construção de sua pousada dentro do seu seio.


*****Com esses funestos inquilinos morando no interior do nosso amar, os nossos sorrisos dulcíssimos se transformaram em lágrimas amargas.


*****Nossas palavras de carinho dirigidas um ao outro se convertera em frases de acusações mútuas e em verdadeiros gritos de guerra proferidos com a única intenção de nos machucarmos de forma completa e terrível.


*****As flores que cresciam ao nosso redor não tinham mais para nós os seus elementos costumeiros como a sua cor viva e atraente e tampouco o seu suave e agradável perfume.


*****Os nossos ouvidos não ouviam mais o cantar dos pássaros com a chegada da primavera, e quando nos beijávamos não escutávamos como era natural os sinos dobrarem sendo tocados pelas mãos cândidas dos sublimes anjos.


*****O firmamento que encobria nossas cabeças nunca mais resplandeceu o azul celeste que tanto encantava este nosso sentimento romântico, e com esse quadro assim tão tetricamente pintado, a necessidade de colocarmos um fim á todo esse sofrimento gritava alto e fundo em nossos corações.


*****E como tudo houvera começado deste mesmo modo acabou-se também, com um beijo, sendo que este foi um de natureza diferente daquele primeiro que chegamos um dia á dar, este foi um beijo de adeus, longo e extremamente denso, trazendo no corpo rubro de nossas línguas os gostos distintos do açúcar e do sal, contendo em seu toque oscular sentidos únicos que palavra humana alguma seria capaz de expressar.


*****Um puro beijo de adeus, aquele que nunca pensamos que chegaria o tempo de dá-lo um na boca do outro, aquele que foi o ponto final nesta que um dia existiu como a nossa linda e apaixonante história de amor.


ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS.

Um comentário:

Aмbзr Ѽ disse...

um lindo texto, um toque triste, romântico, a separação e a beleza do amor...

http://terza-rima.blogspot.com/