Google Translate

Puteiro blues!!!

sábado, 2 de abril de 2011.

      Bem perto está aquele lugar, onde a tentação anda de mãos dadas com a perdição, e fique sabendo que neste lugar as duas se beijam na boca semelhantemente a duas damas que não tem pudor algum.

      Esse fim de semana eu vou lá me divertir, e já lhe aviso para não me lançares esse seu olhar de censura. Eu quero que alguém excite a minha alma e faça isso durante a noite inteira.

     Coloque a moeda da inocência na jukebox para que ela me toque o blues da excitação sensual. Esta noite não mostrarei em mim sinal de pureza alguma, o fogo do pecado será aceso em meu coração, pelas mãos de uma concubina da paixão de uma origem sensualíssima.

     Venha senhorita me embriagar com teu vinho doce, ele que brota de seus seios desnudados, este vinho da loucura carnal, que me deixa ébrio e ardendo em febre de desejo pela fêmea que sóis tu.

     Dance diante dos meus olhos embevecidos por sua sensualidade que por ser única, me parece tão original. Dance a dança do ventre, a dança do útero, a dança do clitóris, a dança espasmódica do orgasmo pungente que há de nos vir.

     Leve-me para um dos quartos deste lugar que é iluminado pela penumbra do prazer, ignoremos os gemidos desavergonhados que saem dos outros quartos, eles que só são hinos de louvor dessa que é a religião da luxuria tatuada na carne.

     Ah baby, deixe-me baixar sobre seu útero de linda mulher, para que assim consiga te preencher com a minha masculinidade de natureza incandescente.

     Hoje eu vou para aquele lugar, e com uma lady da noite irei me divertir a madrugada inteira. Em seus braços de poetisa do deleite sexual, ficarei ilhado com sensações vertiginosas, que por sua vez, me levaram aos abismos profundos da felicidade.

ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS.

5 Comentários:

Dayane Pereira disse...

Apesar de sensual, é poético, como todos os seus textos.

Janaina Cruz disse...

Ah, Anjo, nada como canções e sedução para abrilhantar os nossos desejos e vida.

O que seria de nós, se não fossemos como mariposas voando ao redor de luzes instantâneas de nossas vontades.

Parece que quando isso acontece somos mais...

Obrigada pelo comentário meu querido, tu é que escreves com uma maestria invejável.

Eu estarei sempre por aqui, para beber de teus poemas e fazer germinar em mim o gosto do conto e dos cantos e dos sonetos...

Abraços mim e ótima semana pra ti.

Andréa Ribeiro disse...

Lindo texto. Parabéns pela sutileza das palavras. Erótico sem ser vulgar.

Susy Ramone disse...

oi amigo querido!Ameiiiiiiiiiiiiii!!!!!!!!!!!
olha, vim te convidar para participar de um conto. Aceita o desafio? Espero que sim, hein! Te espero lá!
Bloody kisses!
http://susyramone.blogspot.com/2011/04/o-barqueiro.html

Juliet do S.S disse...

Olá!

vim agradecer sua (inspiradora) visita em meu blog nesta noite =)
fiquei muito feliz com seus comentários... mesmo meu trabalho sendo absolutamente amador e despretensioso, fico feliz quando é reconhecido por um amante das letras =p

passei a seguir seu blog para poder voltar aqui depois com mais calma, li algumas coisas por cima, mas estava com pressa, não pude prestar a atenção que gostaria!

voltarei com certeza, com olhos de boa leitora, para apreciar suas palavras =D

(e quanto a um livro de minha autoria, já está aqui no forno, quem sabe um dia fica pronto ahah)

beijos e boa semana

TEXTOS E CRÔNICAS DO ANJO DAS LETRAS. © Copyright 2007 - 2017 | Design By Gothic Darkness | Editado por Lizza Bathory