Google Translate

Fera sedutora.

quinta-feira, 23 de junho de 2011.
                                        Os olhos dessa menina
                                           são de opala que se minera.
                                           Com que volúpia repentina
                                         Os seus olhos passeiam sobre
                                         O meu corpo como se fossem
                                              os olhos duma fera.
                                           
                                          A solidão me assassina,
                                              O medo me dilacera,
                                          os olhos dessa menina
                                     me enxergam dentro do escuro
                                   como se fossem os olhos duma fera.

                                        Ó seqüestre-me e resgate-me, baby!
                                    Faça de mim o que quiser, pois não posso
                               mais resistir ao seu charme felino e de natureza magnética.
                              Toma minha boca em um beijo suntuoso,
                           como uma presa é tomada de assalto pela garra de uma fera.

                           Deslize seu corpo sobre meu dorso
                         e traga-me sensações iluminantes de prazer,
                       inunde-me do desejo de eternizar no tempo
                     esse momento tão sublime, em que a paixão sensual
                   transcende as nossas próprias expectativas, levando-nos
                 a passar por portas que nunca antes imaginamos transpô-las.

                 Do orgasmo se derrama a seiva do deleite,
              que nos unge docemente
            na alcova de lençóis cheirando a jasmim
          e que ardem no fogo consumidor dos nossos
         gemidos que parecem proceder das gargantas de um casal grego
       que está a fazer amor intenso, diante o altar divino de  Dionísio.

             LEONARDO SÓ E ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS.    

1 Comentário:

Sorry i cant fly... disse...

Lindo poema. Começando pelo título...rs

TEXTOS E CRÔNICAS DO ANJO DAS LETRAS. © Copyright 2007 - 2017 | Design By Gothic Darkness | Editado por Lizza Bathory