domingo, 29 de abril de 2012

Mulher- Fera!!!

            Mulher fatal que me caças incansavelmente pelas ruas movimentadas da cidade que parece não dormir nunca. Predadora do meu corpo e alma, plena de fome pelo meu sexo que lhe provoca orgasmos sísmicos.

            Teus olhos verdes de pantera indomável enxergam meus passos vacilantes dentro da noite onde os Deuses parecem bailar entre si em uma dança indomável e de natureza extremamente sensual. Sinto seus passos de fera ágil atrás de mim, sei que não poderei escapar de tuas garras de bote preciso. A razão não quer, mas o desejo que me alicia grita para que eu me entregue logo ao teu espírito de animal predador.

            Quando tu consegues me alcançar daquele mesmo modo em que a leoa alcança a gazela que não consegue correr mais do que ela, sou atingido pela força do teu querer de mulher-fera, de mulher-anjo, de mulher-desejo, de semideusa imbatível que tu és.

             Ao final de tudo isso, deito-me sobre o teu céu uterino preenchendo-te com o obelisco de minha virilidade virulenta, fazendo-te soltar do fundo de tua garganta o teu urro orgástico de fera satisfeita.

ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS.

E tu,oh, minha leitora, pretendes me caçar quando???

Um comentário:

Nós Os Cachorros disse...

Como sempre, textos belos.
Parabéns.
Abraxos