quinta-feira, 17 de maio de 2012

A mulher do paraíso perdido!!!

            E dizem-na que foste caída em um pecado cometido no paraíso perdido. O fruto proibido em tuas mãos, a sombra da ira de Deus que caíra sobre ti, Mulher-Mãe de toda a humanidade. Essas verdades foram escritas por homens, inventores do sistema patriarcalista, tornaram-te em sua suprema ignorância a culpada pelo pecado original ter entrado no mundo.

            Desta forma transformaram o teu útero sagradíssimo, "maldito" entre todas as nações, e exaltaram o falo as alturas incomensuráveis da adoração indevida. Pela mulher viria o salvador, mas ele teria que ser homem. Tu foste demonizada covardemente pela religião do patriarcado.

            Aumentaram tuas dores de parto como castigo pela tua desobediência em comer o fruto proibido, como se tu depois desta satanização toda não tivesse dores o bastante para suportar no decorrer futuro da história humana. Para os monoteístas nenhuma dor cruciante por mais terrível que seja nunca é o bastante para a mulher sentir e sofrer.

            Apesar de toda a injustiça que cometeram em relação a ti por milênios por causa desta história bíblica, hoje tu te levantas da terra soerguida por tua Deusa- Mãe, por tua Deusa-Terra, ela que nunca te abandonou mesmo nos momentos mais difíceis da tua história entre os homens. A Deusa conhece profundamente a tua dor, afinal, oh, mulher, ela também foi perseguida e sua religião quase destruída pelas religiões do patriarcado, pelos cultos dos Deuses que portam consigo o falo.

            A Deusa- Mãe deu-te a vitória primeira e há de lhe dar a vitória final, o triunfo glorioso sobre o machismo-porco-chauvinista. A vagina ganhará condições de igualdade com o falo. A pirâmide não servirá mais o obelisco que aponta para o céu da arrogância masculina.

            Foste Eva um dia, hoje és lilith, aquela que foi renascida do chamado do útero sagrado da Grande Deusa Mãe, da Antiga e Sagrada Gaya, Ave, oh, bendita Gaya.

ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS.

Nenhum comentário: