Google Translate

A vinha corrupta!!!

domingo, 3 de fevereiro de 2013.
            Venha comigo agora, siga-me sem pestanejar, não ouses pensar por duas vezes sequer, não te farei um segundo convite garota, apenas te peço que ouça a voz da minha poesia.

            Chega desse vinho barato, a videira da qual lhe extraem a matéria prima para fazê-lo está corrompida. Olhe para os seus ramos, preste atenção para os cachos de uva que crescem deles, estão cheios de bichos. A raiz dela está fixada na mais pura mentira.

            Já reparastes a qual preço os homens vivem há séculos nos vendendo tal vinho?O preço da nossa alma, é por isso que algumas vezes ela se sente azeda e um tanto amarga.

            Querem nos tirar tudo, o nosso dinheiro, a nossa verdade, o nosso paganismo, e por fim, querem nos proibir até de experimentarmos o orgasmo.

            Quase tudo é pecado segundo eles, quase tudo ofende a Deus, segundo é o que diz a cartilha criada por suas mãos ignobilmente sacrossantas.

            Agora atravessemos para o outro lado, a nossa bandeira não é mais verde e amarela, o patriotismo é apenas um conceito destorcido do que é amar o seu país, criado por generais paladinos da ditadura, que com tal conceito só queriam nos escravizar.

            O Diabo foi criado pelos “Senhores que se vestem de roxo” para nos assustar e nos obrigar a praticarmos os seus rituais, Che Guevara foi criado pelos “Filhos do tio Sam” que eram capazes de transformar ilhas em prostíbulos a céu aberto.

            O Estado e a Igreja não passam de irmãos siameses!Assim como eu e tu não passamos de filhos provenientes do útero da mesma mãe, aquela que conhecemos como “Gaia”.

            Cuidado menina para não invocares a presença do dia, não sabes que ele tem o poder de destruir a noite?E é quando o manto negro repicado de estrelas cintilantes encobre o mundo, é que as coisas mais interessantes realmente acontecem.

            Conceda-me o seu sangue menstrual, quero fazer dele tinta para escrever a minha poesia mais inspirada. E ao sabor dela fazer finalmente o céu se encontrar com a terra, e desta forma conseguir por fim, que o sagrado beije na boca do profano. Em nenhum filme, novelas ou minisséries televisivas se esperou tanto por um beijo como este. Afinal tal ósculo bendito nos traria a maior das libertações. Ele nos mostraria a cara luminosa da verdade que nos foi escondida, desde que saímos de dentro do ventre das nossas mães. É tarde demais para pensarmos em voltarmos para a nossa casa paterna, peguemos então uma barca que nos leve a Avalon.

ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS. 

1 Comentário:

Dayse Sene disse...

Sempre muito profundas as suas crônicas....retrata-as com a lisura necessária para um entendimento profundo. Parabéns. Abraços.

TEXTOS E CRÔNICAS DO ANJO DAS LETRAS. © Copyright 2007 - 2017 | Design By Gothic Darkness | Editado por Lizza Bathory