sexta-feira, 15 de março de 2013

Palácio da loucura!!!

Busco-te no céu da poesia mais perfeita,
percorrendo o corredor do inferno
da metáfora de uma precisão que
ninguém ainda alcançou.

Desces até mim sob o manto da
beleza de uma surrealidade inimaginável
ao meu coração, que foi ferido pelo arpão
da doçura de tua alma de mulher-poeta
de emoções efervescentes.

Toca-me com teus dedos de fogo
incendiando-me em tua perdição
que não tem nome,perto de ti
até os demônios lembram-se que um
dia foram anjos de luz, e que seus olhos
por momentos infindáveis contemplavam
o rosto luminoso e inefável daquele que é
e sempre será o incriado.

Quando descanso em teu seio
recordo-me da época em que eu era
um cavalheiro andante que caçava
dragões nos abismos sem fundo do
deplorável desespero humano.

Agora repousas em meu peito
na figura de uma pomba branca
que arrulha devaneios de amor
com gosto de açúcar mascavo
levando-me ao escutá-la a liquefação
extasiática do meu espírito imortal.

Amo-te no palácio da sanidade que anseia
alcançar o beijo fogoso de uma loucura apaixonada.

ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS.

Nenhum comentário: