sábado, 2 de março de 2013

Teu ventre sagrado!!!


Teu ventre feito
da água misturada com a terra,
iluminado e abençoado
pelo entrelaçamento do fogo com o
ar, sim,este teu mesmo ventre que me é sagrado,
donde um dia eu vim, e para onde em dado
momento voltarei.

Templo divino,
e arca da aliança entre os homens
e os Deuses da natureza, fostes fonte de inspiração
para os bardos do velho tempo e poetas de todas as gerações.
Deixe-me beber do mel mais doce do mundo
que procede da colméia de teu seio de mulher
que sangra as impurezas da vida, preparando-a,
para sua grandiosa renovação.

Abra-me ao meio o mar do sangue carmim
que jorra de ti para que eu possa passar
a pé enxuto através dele, até a terra prometida
das tuas maravilhas uterinas.

ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS.

Um comentário:

Dídimo Gusmão disse...

Caro amigo,

Seus textos me encantam. Fico a elucubrar com os versos de sua poesia.
Você sabe ministrar com um engendramento de mestre.
Obrigado por escrever poesias tão bem elaboradas, nos permitindo debuxar cada palavra.
Abraços do amigo,

Carlúcio Bicudo
http://didimogusmao.blogspot.com.br/