Google Translate

O êxtase dionisíaco!!!

sábado, 6 de abril de 2013.
       Em tua boca encontro o veneno mais doce para minha alma, viciei-me nele até perdê-la completamente, agora repouso extático na palma da mão da tua vontade dominadora.

       Amo-te em um êxtase alucinógeno, nele tenho visões que a razão humana não pode acreditar, envolto por elas vivencio a delícia de ter teu corpo só para mim, experimentando-o loucamente em cada toque caliente.

       Quando a toco desta forma, transformo-me em um Vesúvio em plena erupção, e sinto as lavas quentes da minha paixão tomando-te totalmente, oh, minha Pompéia linda e gloriosa.

       Nestes momentos de entrega lasciva nos tornamos unha e carne, nossos suores e fluídos corporais se misturam em uma química de perigosa combustão, o incêndio das paixões indomináveis será inevitável.

       Minha boca na tua, e o encontro de nossas línguas que se enroscam e desenroscam em um beijo ousado que é vizinho do pecado. As minhas mãos apertam a tuas nádegas fazendo-te implorar para que eu te possua de tal forma como o garanhão o faz com sua potranca quando estes estão a arder no fogo do mais puro cio.

       Antes de tudo acabar, deixo dentro de ti meu gozo rasgado e pintado com as tintas de um prazer voraz e de alma sádica, já tu deixas o teu no gemido que soltas em meu ouvido enchendo-me assim com tua doçura que é puro êxtase.

       Satisfeitos pela dádiva do bendito orgasmo, quedamos nos braços um do outro invocando das entranhas do nosso ser, o descanso para nossos corpos suados, estes que são veículos do nosso amor que não conhece fronteiras para se experimentar o mel da luxuria dionisíaca.

ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS.

A Dionísio, meu Deus e Senhor.

1 Comentário:

Velcan Pendragon disse...

Que Arthemis e Apolo não saibam a respeito do seu Senhor ahahahha Belo poema

TEXTOS E CRÔNICAS DO ANJO DAS LETRAS. © Copyright 2007 - 2017 | Design By Gothic Darkness | Editado por Lizza Bathory