quinta-feira, 23 de maio de 2013

Escravo de tua paixão deleitante!!!

Acorrentado estou pelo
teu amor de natureza
passional, não consigo
quebrar os elos dele, pois
vencido me encontro pela
sua força contundente.

No entanto, digo-te que
não pretendo me livrar
desta escravidão deleitante
em que me colocastes, afinal
nunca senti delicias como
essas que provo em teus
braços de mulher dulcíssima.

Eu sou teu escravo sim,
e me chicoteias com o
látego dos teus beijos
com sabor de pimenta malagueta.
E me deixas preso na senzala
de tuas paixões atrevidas.

Acorrenta-me a teu corpo
com a fúria de tua luxúria
feita em tempestade, loucura
e cavalgadas pelos bosques
orgásticos do prazer.

Entrego-me a teus lábios
como as trevas se entregam
a luz e como a morte se
entrega a ressurreição.

- ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS.

Um comentário:

Cristal de uma mulher disse...

Me fascina a poesia erotíca porque dela se pode viver o real do sonho, e do sonho a realidade..Porém bom mesmo é fazer o amor entre quatro paredes e somar cada desejo.

Bom te ler sempre.


Raachel Omena