Google Translate

Nas nuvens com Bob Marley!!!

segunda-feira, 27 de maio de 2013.
Eu lhe pedi um beijo mas, ela me negou este
meu ultimo desejo, preferiu
beijar a cannabis em seus
lábios acesos em brasa.

Eu quis muito um beijo seu,
no entanto, aquela menina
rejeitou-me seus lábios
deixando-me com uma frustração
cruel em meu peito ferido pela
lança da desolação.

Ela queria mesmo é beijar
o anjo sôfrego por realidades
diferentes das que ele tinha, o elefante-
rei que sorria do outro lado da
ponta do Bob Marley aceso,
o príncipe triste urdidor de
metáforas poéticas.

Ela sorria bestamente debaixo
da lua que do alto assistia
seu ato de querer endoidecer
a qualquer custo, levando
a sua alma até os abismos
de um sonho extasiante.

Tal menina me convidou
a cantar com ela, desejava
mergulhar no ácido lírico
da Legião Urbana, cantamos
juntos então, levados pela mão de
uma noite ébria.

Sim, ébrios andávamos
nas calçadas de ouro que
nos levariam ao Martan,
mas quando chegamos lá
o bar que vendia ilusões
e orgasmos em garrafas
já havia fechado expurgando
nossa vontade em beijar
a luxuria em um beijo
de língua provocante
e de natureza báquica.

E ela no fim da madrugada
entrou em sua casa despedindo-se
de mim sem me dar aquele beijo
que eu tanto almejava, conformado
fui embora dançando de braços dados
com a ninfas da natureza que me cantavam
a canção dos desejos que um dia podem
ser realizados.

- ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS.

Comentários:

TEXTOS E CRÔNICAS DO ANJO DAS LETRAS. © Copyright 2007 - 2017 | Design By Gothic Darkness | Editado por Lizza Bathory