sábado, 1 de junho de 2013

O bafo álcool- excitante de Bukowski!!!

Hoje os pássaros multicoloridos
do amor pousaram no poleiro
da minha alma que com isso
ficou desconcertada por
nunca ter sabido amar ninguém.

 Subi a escada encaracolada
da loucura dos poetas com
o intuito de encontrar o
ácido corrosivo de sua
sanidade anímica.

Minha alma – humana
deseja sair pelos meus
poros abertos, mas eu
não abro mão dela
como os bêbados -literatos
cobiçosos da fama e fortuna
o fazem à vendendo no final
de cada esquina escura ao
mesmo diabo que tentou se
apossar da alma de Fausto.

À noite me traz sempre
muitas novidades, é
quando ela chega com
seu abraço estrelado que
eu entro em um bar tão
decadente quanto os
espíritos humanos que
perambulam errantes
pelas ruas comprando
e vendendo prazeres
de natureza orgasticamente
viciadora.

Neste tipo de bar
sempre encontro
a juventude de uma
garota sendo despejada
no fundo de um copo
de uísque ou no farfalhar
do dinheiro que é imundo
por causa do seu constante
manuseio por mãos cobiçosas.

Tu te assustas por que talvez
percebestes que eu goste do
pano de fundo desse mundo –
de -fossa- fétida que acabei
de lhe descrever, sim, confesso
que eu o adoro, e isso porque
talvez eu não passe de um
novo Bukowski desejando
fazer aquela poesia que
apenas o bafo enojante
dos bêbados e o perfume
barato das prostitutas
do fim de noite possam
me inspirar à escrever.

- ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS.

2 comentários:

Amor A Base de Tudo disse...

Os pássaros do amor pousaram e trouxeram vc até ao meu cantinho e o que encontrei em meu cantinho me fez ficar muito satisfeita.Hoje vim retribuir a visita e mais uma vez estou maravilhada!
Suas letras são extremamente profundas e bem construídas.
Essa poesia é tudo! Não sei se percebeu, mas tudo que fala de amor é o meu forte.Adoro!Sucesso e parabéns pelo trabalho!

Amorbjsss

Cristal de uma mulher disse...

Bom dia meu querido poeta.Alias grandes poetas são aqueles que se escondem dentro de suas próprias letras doces ou salgadas,quentes ou frias.
Sinceramente só os grandes instrumentistas do infinito das letras podem compreender o interior de um poeta.
Minhas letras como falas-te bem elas se misturam com a realeza dos sentimentos mais árduos e desejosos, como também em criações onde o desejo arde como realidade que nunca existira mais que na verdade fica na vontade de vivê-las como num conto de fadas.Porque seria fácil para uma varinha de condão realizar todos os sonhos e criações extraídas de nosso sangue poético.
Veja só! No meu ver o sangue cigano ferve como num vulcão que nunca apaga ainda que esteja dormindo por muito tempo.Alem de ser um povo invejável por suas artes,sabedorias e leis. Os ciganos sempre foram dignos e não indignos como assim como o fizeram.
Não, são pessoas livres donos de uma alegria fenomenal e festivas,suas danças ao som de seus próprios instrumentos cantavam nos seus dias de paz enquanto a teve..Para quem estuda sobre os ciganos e a antiguidade verá como foram maltratados e mortos pelo motivo da insanidade de malfeitores da mesma forma os judeus daquela época. Ainda hoje são marginalizados e toda a natureza que é extraída da terra a força ela se torna em revolta e logicamente geme e chora suas grandes dores..Assim também fizeram com a inocente vida dos índios.

Meu querido sua poesia fala do interior humano onde a dor de cada um mergulha dentro da pobreza dos vícios para assim alimentar suas próprias necessidades....MINHA ALMA HUMANA DESEJA SAIR PELOS POROS ABERTOS...isto significa a insatisfação que a vida por seus impulsos ou fraquezas os fizeram chegar ao nada pois para estas pessoas que bebem suas próprias dores difícil é chegar alguém para ajudá-las e mostrar o outro lado da vida..O brilho só chaga quando temos alguém mais forte ao nosso lado para levantar as árvores caídas e queimadas pelo sistema.
Um belo escrito meu amado pois escritas com realidade e metáforas que me fascinam.

Um grande beijo e um fim de semana cheio de luz para continuar as letras que não podem parar.

Obs. Quisera sempre está presente nos blogs onde minha natureza se enche de alegria ao ler sobre a verdade que é ignorada pelas pessoas que só pensam nelas mesmas.Infelizmente eu trabalho muito aqui em São Paulo já não é como minha cidade de Maceió que eu tinha mais tempo para me alegrar com os amigos queridos dos blogs

Parabéns amigo.