segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Devolva-me a alma!!!

E tu me roubas a calma
e faz germinar em mim
a semente de um desejo
que me envolve por inteiro.

Devolva-me a alma, pois
esta parece-me que a
mim não mais pertence.

Estou em tuas mãos,
amarrado em ti pelas
cordas inquebrantáveis
do prazer.

Não reclamo de nada,
Acho que estar ao teu
lado é a coisa mais
sublime que há, mas,
suplico-lhe apenas que...
me devolvas a alma, porque
por mais que seja bom, é “assustador”
pertencer a um outro alguém desta
forma tão absoluta.

- ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS.

Nenhum comentário: