Google Translate

Meca está me esperando!!!

sábado, 30 de novembro de 2013.
      E tu pegaste a estrada e foste embora,
apenas me deixou uma poesia de despedida
e nada mais, resolveu por si mesma que se
afastando iria resolver questões que estavam
acima do teu poder de serem solucionadas.

      Fostes generosa com os outros, no entanto comigo
a pior das egoístas, não cabia a ti achar que apenas
indo embora tudo se encaixaria como num surpreendente
passe de mágica.

      Agora tu escreves poesias falando de amor, o que sabes
sobre ele se o rejeitastes para consolar corações egocêntricos,
que somente pensavam em si próprios quando lhe pediram para
me esquecer como se eu nada significasse em tua vida?

      Estou cansado de esperar a tua volta, uma resposta sobre
este inusitado abandono, queria realmente olhar em teus
olhos e dizer-te tanta coisa que está engasgada em minha
garganta.

      Como consegues sorrir no dia a dia se deixou para trás um homem que tem um rio de dor e sangue que se esvai todos os dias do seu coração partido?

      Agora apenas sobrou a poesia e seu doce beijo para
me consolar em noites de plena solidão, ela tenho consciência
que jamais me abandonará sem me dizer um adeus ou até logo
que seja.

      Tu ainda consegues me enxergar do outro lado do véu que
esconde o mistério da tua beleza feminina?

      Eu somente retornarei a Meca quando a Deusa voltar a ser
reverenciada atrás dos seus muros e então, com certeza o
deserto florescerá e em seu meio correrá um rio de águas
abundantes e plenas em fertilidade.

- ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS.

2 Comentários:

DrCarvalho disse...

Ah, poeta. É assim mesmo que essas belas mulheres nos enlouquecem.Ficamos à deriva a espera de um sinal que nos envie de novo pra casa,tornando nossa ânsia em revê-las uma doce angústia.
Uma coisa eu sei, caro poeta, quando
uma mulher vale a pena, não importam mágoas, mal-entendidos ou rancores. Vale a pena buscar por ela.
Acompanho seu blog e as temáticas do mundo árabe são minhas favoritas.São envolventes e misteriosas.Como uma mulher. Parabéns.

Ruth Shirley Menestrel disse...

Receio que não poderás voltar a Meca; o domínio lá é dos homens e nenhum poder é dado às mulheres. Não critico a cultura, apenas o cabresto, mas, como não convivo o dia a dia das mulheres islâmicas, não sei verdadeiramente o que se passa por lá. De uma coisa sei eu. Elas são belíssimas.

TEXTOS E CRÔNICAS DO ANJO DAS LETRAS. © Copyright 2007 - 2017 | Design By Gothic Darkness | Editado por Lizza Bathory