segunda-feira, 25 de novembro de 2013

O Anjo abandonado!!!

Talvez um dia eu possa entender-te,
porque abaixas a tua cabeça para
sistemas patriarcais, regras e normas
feitas por homens misóginos que
apenas tem o intuito de te escravizarem?

Talvez um dia tu me faças alcançar a loucura.
Se eras tu que roçavas com tuas asas o céu do
meu amor, porque fostes embora para dar
chance a que outra avezinha dele se
aproximasse com seu vôo pretensioso?

Se fostes generosa com essa outra ave, já comigo,
te tornastes minha algoz que tem me levado a
mergulhar em um rio salgado de lágrimas. Tua
bondade para com ela se transformou na maior
maldade já praticada com o meu coração.

Agora o que nos espera no futuro?Talvez a dor mútua de
viver um amor impossível e o frio gélido da ausência
do ser amado em uma vida pintada numa cor cinza.

E eu que quis te mostrar a liberdade que só se descobre
nas asas do vento, no canto do falcão que se aproxima em
um vôo rasante, no sorriso da criança que corre despreocupada
em meio a um extenso campo de trigo, ou na face de aspecto
benigno das Deusas e Deuses antigos, te vi lamentavelmente,
entregar-se mais uma vez a vontade dos cães sarnentos do patriarcado monoteísta.

Agora levo comigo a lembrança do teu amor, que como
semente morreu mesmo antes de tocar a terra fértil da
minha alma de homem irrecuperavelmente apaixonado.

-ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS.

Nenhum comentário: