Google Translate

Eu sou o anjo que mora em ti.

segunda-feira, 10 de março de 2014.
        E eu ando pelos campos verdejantes de tua alma de mulher, e a exploro no toque sutil e luminoso das minhas mãos. Amo conhecer teus segredos e decifrar teus enigmas. Dentro da nau do meu amor pela tua anima feminina, me refestelo em navegar livremente pelos mares dos teus doces mistérios.

        Abro as minhas asas de anjo sobre ti, e entoo-te meu canto de paixão esperando que a ouvindo, te entrelaces em meus braços aconchegando teu corpo calorosamente no meu.  

        Eu moro no teu corpo fazendo dele a minha casa de carne, poesia, sangue e encanto. Meu espírito corre em tua corrente sanguínea na velocidade da luz, este deseja alcançar a cidade sagrada do teu útero.

        Tu és meu fascínio todo, minha realidade irrefutável, sacerdotisa da Antiga Deusa Branca. Estais impregnada do perfume do meu gostar, sãos os dedos das minhas mãos que correm pelos fios dos teus cabelos longos. Sãos estas minhas carícias que sequestram-te ao cativeiro florido dos meus quereres.

        Me chamam de Anjo profano, e dizem que vim para perder a tua alma, mas tu sabes que isto tudo é mentira, minha sacralidade só é vista pelos teus olhos de fêmea humana. E enquanto a tua alma, bem, ela somente pode ser salva quando permitires com que esta se perca no abismo do meu seráfico desejo.

        Possuo-te veneramente para não deixar com que minha essência seja desintegrada pela dor destoante de tua suprema ausência.

- ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS. 

Comentários:

TEXTOS E CRÔNICAS DO ANJO DAS LETRAS. © Copyright 2007 - 2017 | Design By Gothic Darkness | Editado por Lizza Bathory