sábado, 29 de março de 2014

Vulvas rosadas.

        Vulvas rosadas ou aranhas peludas brincando
sob o sol colorido do deleite? Assim são elas tão
lindas como o segredo inominável que o útero
guarda.

        Garotas safadas ou meninas apaixonadas se
esfregando uma na outra debaixo das águas de
um desejo nunca antes sentido?

        Teu preconceito de nada vale, pois, foram criados
na forja da mentira; para ser honesto, estes saíram de uma
verdade absoluta que somente concebe o AMOR, se ele
for hetero. Mas, como muitos já disseram: - O autêntico
AMOR é para todos os sexos, incondicionalmente.

        Veja como estas garotas se beijam, a se devorar sem medo, num canibalismo sensual que apenas o êxtase pode frear. Contudo, somente Deusas do amor sabem beijar deste modo, a cada movimento da língua, uma sobre a outra, um fogo serpentino a serpentear pelos seus corpos femininos.

        O leito em que deitam fica molhado pelos seus suores salgados no sal de uma devassidão trovejante.

        Perceba os seus corpos, eles encontram-se como se já se pertencessem em vidas passadas. É semelhante a um balé sexual onde as suas essências pudessem fundir-se em uma só natureza.

        Note a beleza da nota final do orgasmo que toma
conta, convulsionando suas carnes brancas, fazendo as suas  almas eclodirem em fênix cintilantes, através de seus gemidos de prazer mais selvagens.

- ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS. 

Um comentário:

Anônimo disse...

Adorei Elton, mt bom eu AMO seu blog