Google Translate

Tocar-te-ei na fome de te possuir.

quarta-feira, 9 de abril de 2014.
        Toco-te na fome de te possuir mil vezes
e conquistar a Roma que arde dentro de ti.
Toco-te orgulhoso portando um ego de um deus
passeando nas alamedas sensuais do teu corpo sublime.

        Beijo-te a fronte antes de oscular-te a boca vermelha,
úmida que carrega em si a centelha do fogo de um querer que nada nega. 

        Tomo-te a língua com a força da minha em um beijo que tem o poder de mil tornados conjuntos. Levo-a na dança dos corpos silentes que portam em seu interior almas incendiadas na fogueira de seus próprios delírios sensuais.

        Trago-te comigo como traria uma flor escarlate, levando teu jugo leve em meus ombros onde plantei vários alqueires de poesia. Amo-te com uma luxuria doce e de natureza irresistível, encaixando teu ser no meu, navegando em teus mares provindos de um oceano menstrual.

        Carrego-te em meu espírito tatuada em um fogo sagrado e teu nome levo escrito em meus rins para que eu possa lembrá-lo na noite da grande tribulação.

        Sugo teus seios e provoco-te prazeres que estavam ocultos dentro do vulcão de teu útero. Abraço-te sem medo invocando os anjos quiméricos de um amor que é tão antigo quanto a própria terra.

        Farei junto contigo uma filha que herdará o poder sobre os quatro elementos da natureza, e esta brincará, quando criança, com elfos, e, assim que for jovem adulta, dançará em redor de fogueiras acompanhada de sátiros bêbedos por vinhos báquicos.

        Coroar-te-ei com a guirlanda do meu amor primaveril e ascenderei com um voo de pássaro de fogo ao trono ensolarado de tua alma feminina que é possuidora de uma natureza poética.

-ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS

Comentários:

TEXTOS E CRÔNICAS DO ANJO DAS LETRAS. © Copyright 2007 - 2017 | Design By Gothic Darkness | Editado por Lizza Bathory