Google Translate

Às sombras das horas.

segunda-feira, 12 de maio de 2014.
        E agora sobre as sombras das horas temos todo o terror a qual ganhamos direito. Nestes dias tão cinzentos me parece que todo o amor foi embora.    

        São corvos que nos seguem voando sobre os céus turvos das nossas tristezas. E ainda são os nossos pés que tocam àquela terra que nunca nos foi prometida. A morte é o beijo mais sínico que a vida nos dá, e tu ainda te surpreendes com aquele beijo traidor com o qual Judas marcou a face de Jesus?

        As putas um dia foram donzelas virgens, e ninguém se lembra disto, elas nos fazem recordar que todos nós dentro das nossas existências já fomos inocentes.

        Hoje não passamos de criminosos, assassinos culpados do nosso próprio futuro.
Os poetas sempre são os primeiros a ir embora, os visionários, parece-me que eles não suportam o erro de continuar a jogar pérolas aos porcos.
       
        Poetas às vezes se atiram da janela do décimo terceiro andar, ou simplesmente resolvem entrar em coma profundo no quarto de um hospital, eles me parecem desejar dizer adeus a um mundo despoetizado que nunca os compreendeu.
   
        Ultimamente Virgínia, oh, amiga do caudaloso Ouse, tenho notado que quando crio a minha poesia percebo nas folhas onde a escrevo, a presença de manchas enormes de sangue.
   
        Eu acho que a minha morte tanto quanto a minha literatura tem ambas as mesmas cores. A escarlate. Eu contemplei essa cor carmim, escorrer mês a mês, por entre as pernas de todas as mulheres do mundo.

 - ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS 

2 Comentários:

Dorli disse...

Olá,

Passando para matar a saudade e como sempre escrevendo cada dia melhor.
Já faz quatro anos que não o vejo.
O tempo separa as pessoas,mas não consegue apagar as lembranças
Beijos
Lua Singular

Dorli disse...

Oi amigo, não faz 4 anos faz apenas um ano. Estava brincando com você. Como estamos perto da copa, fui ver a postagem que fiz em 2010 e a reeditei em 2013: " Felicidade: Emenda Constitucional?- Lua Singular(pelo Google) e vi seu comentário. Agora não vou perdê-lo mais
Beijos
Lua Singular

TEXTOS E CRÔNICAS DO ANJO DAS LETRAS. © Copyright 2007 - 2017 | Design By Gothic Darkness | Editado por Lizza Bathory