segunda-feira, 5 de maio de 2014

O firmamento dos teus braços

       Tu te deitas sob a minha luxúria mais concreta,e te cobres embaixo dos lençóis das minhas satisfações precisas ocultando teu corpo erótico.

       Nestes momentos nossos desejos se engalfinham rolando sob a areia quente de nossas vontades eloquentes. Ah,o que são os nossos corpos que não fios condutores dos nossos quereres para lá de insanos?

       As nuvens rubríssimas da nossa paixão nos encobrem envolvendo-nos em uma tempestade de anseios libidinosos,estes gritam dentro de nós,e suas vozes levam-nos a devorarmo-nos mutuamente.

       Ser teu e tão somente teu me alegra de forma extasiante,esse sentimento se faz inédito em minha vida,porque até então,eu nunca pertenci desta forma a alguém.

       Nos momentos que descansas teus beijos em minha boca o meu espírito arde em um doce inferno de puro prazer,e depois,quando ganho teus seios usando os meus lábios,o deleite como uma entidade felina apossa-se de mim de uma forma que eu não posso resisti-la.

       O gosto dos teus peitos fartos é o motor que me leva a alcançar o paraíso escarlate de tua vulva,lírio de delícias incompreensíveis.Também conquisto em minha boca ávida,o paladar dela,e degusto-a como se estivesse experimentando o manjar dos anjos.

       Misturo-me em ti,em tua essência de fêmea indomável,e me perco em doçuras que apenas tu me podes conceder.Não conheço outro céu além deste que é o sublime firmamento dos teus braços.

- ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS

A foto que ilustra o texto publicado acima, é da autoria do fotógrafo britânico David Hamilton –(15 de abril de 1933). Hamilton é famoso desde a década de 1970 por fotografar jovens adolescentes nuas ou seminuas. Dono de um estilo característico onde predominam as cores suaves e a granulação, tal estilo então chegou a ser chamado de “hamiltoniano”.

Fonte de informação: Wikipédia a enciclopédia livre.

Um comentário:

Marli Terezinha Andrucho Boldori disse...

Bom dia, Elton,seu poema mexe com as nossas emoções.Usa metáforas e comparações que não nos deixam dúvida do que lemos e queremos que seja. Sensualíssimo e apaixonante.
Parabéns pela bela criatividade em construir tão belos versos. Tenha um lindo dia. Grande abraço!