quinta-feira, 3 de julho de 2014

Dias curtos

Depois de quebrar-se,
depois de todo desespero
e dor vem palavras doces de amor.

Eles estão loucos?
Cada passo que eu der
é um dia a menos para se viver
depois da destinada linha cortada
os dias ficarão mais curtos,
ninguém mandou lacear,
ninguém mandou aceitar
o impuro.

Que quando uma promessa quebrada
o sonhos destruídos de um louco
distorcem sua mente
e correm pelo seu corpo
devorando sua carne
sua esperança
e dignidade.

No final de uma criação
de um sentimento que nunca mais existirá
mas o começo
da regeneração
de um inocente
iludido pelos próprios pensamentos.


- Fernanda Fernandes. 

Nenhum comentário: