Google Translate

Eu tenho fome da carne do teu corpo

segunda-feira, 11 de agosto de 2014.
        Eu tenho fome da carne do teu corpo, apenas ele consegue satisfazer o meu apetite sexual. Ah, este teu corpo bronzeado é um fruto delicioso que consegue comprazer cada sentido que possuo em meu ser.

        Teu sabor doce e amargo na minha boca é um êxtase sísmico que abala o chão da minha alma, e converte as minhas visões em sonhos dourados, que por sua vez, transformam minhas fantasias em vertigens enluaradas.

        Do teu corpo de tez macia escorre ás águas sudoríficas que banham toda a minha pele quando me junto a ti em um abraço apertado, por meio dele, pareço querer cooptar-te à minha essência de homem másculo completamente.

        Nesta união de nossas naturezas, entro contigo em um paraíso de satisfações carnais imprevisíveis, onde tudo pode realmente acontecer. Neste paraíso nossas horas de prazeres sensuais parecem não ter fim.

        Em teus braços de mulher belíssima, ardo nas chamas inapagáveis da nossa luxúria implacavelmente primitiva, e com isto, mergulhamos no oceano carmim dos nossos orgasmos veementemente titânicos.

        No solo sacro-profano do teu útero de filha sempre antiga e sempre nova da terra, planto no ardor furioso do meu desejo, a semente seminal do meu gozo mais carne-vulcânico.

- ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS

Comentários:

TEXTOS E CRÔNICAS DO ANJO DAS LETRAS. © Copyright 2007 - 2017 | Design By Gothic Darkness | Editado por Lizza Bathory