Google Translate

O nosso prazer tem a cor carnal-escarlate

terça-feira, 5 de agosto de 2014.
         Ei, querida, somos duas garotas que nos amamos muito, e não há porque nos envergonharmos disto. Agora me concede o mar tempestuoso dos teus beijos, e reconduze-me novamente à mansão dos nossos prazeres sensuais.

        Deixa-me descansar no leito dos teus braços, e, após um passeio de meus dedos pelos Campos Elísios dos teus cabelos,  recebe meu corpo no encaixe do teu, e mostra-me, pela milésima vez, todo o encanto mágico que reside no interior deste nosso amor.

        Deita-me no leito da tua luxúria manhosa, e me fazes muito mais que mulher,  mas, antes, permite que eu me sinta uma autêntica deusa, dentro do fogo envolvente dos teus acariciares. 

        Vem, meu anjo- mulher, subir e descer na gangorra dos nossos delírios carnais mais vorazes.  Quero gemer feito uma doida, sentindo o calor estonteante do tato de tuas mãos, assim como também aperceber-me tomada pelo magma quente das tuas felações sísmicas.

        Anseio ouvir, à noite inteira, tua boca qual um oráculo de Delfos profetizando futuros prazeres libidinosos que me advirão do teu amor.  Decerto, também quero no presente que esta tua mesma boca me diga safadezas ero-dionisíacas,  conduzindo-me ao seio avassalador de um deleite sem fim.

        Que no Novo Egito da nossa cama, de prazer carnal-escarlate,  as nossas duas pirâmides rosáceas, das cidadelas em meio a nossas pernas, encontrem-se em um esfregamento efusivo, e que os faraós que as habitam comunguem ambos do mesmo nome vivificante: “ORGASMO UNIKAMON”.     

- ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS     

Revisão ortográfica e textual realizada por Natanael Gomes de Alencar.

A imagem da foto que ilustra o texto publicado acima, é do fotógrafo norte-americano Asher Moss. Moss costuma assinar seus trabalhos fotográficos como Basement Fox. 

Visite o site oficial de Asher Moss:

http://www.basementfox.com/

Comentários:

TEXTOS E CRÔNICAS DO ANJO DAS LETRAS. © Copyright 2007 - 2017 | Design By Gothic Darkness | Editado por Lizza Bathory