Google Translate

Tu és gata egípcia

sábado, 8 de novembro de 2014.
         Tu és qual gata egípcia, transpirando uma beleza sensualíssima que é capaz de dar ao meu coração a batida do Universo. Mil faraós antigos se curvariam diante de ti, se pudessem contemplar-te agora.

         Oh, descendente de Hator, a Dourada, deusa do céu e das árvores, ama de leite do rei, protetora do amor e das mulheres, Afrodite entre as pirâmides, eis que sou teu, pois, sinto-me atado a ti de uma forma irremediável.

        Desce dos teus palácios de luzes orgásticas e venha a mim com o objetivo de me agraciar com teus carinhos encantadores. Deposita em minha boca o mel delicioso dos teus beijos e acenda na minha alma o fogo ardentíssimo das tuas inúmeras fantasias sensuais.

        Não me negues teu amor que tem o poder de arrebatar-me ao Nilo dos Desejos e muito menos a tua paixão que possui a virtude de levar-me a um êxtase impossível de ser descrito pela língua de um homem.

        Peço-te, oh, minha deusa egípcia, que me permita beber com minha ávida boca, das águas fluídicas que escorrem da cachoeira de gozos infindos que dimanam da tua pirâmide invertida feita de carne e luxúria púbica.

- ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS


Revisão ortográfica e textual realizada por Natanael Gomes de Alencar.      

Comentários:

TEXTOS E CRÔNICAS DO ANJO DAS LETRAS. © Copyright 2007 - 2017 | Design By Gothic Darkness | Editado por Lizza Bathory