Google Translate

Tu tapas o teu sexo

segunda-feira, 3 de novembro de 2014.
        Tu tapas teu sexo com o véu dos teus mistérios femininos, me oculta essa visão sublime, escondendo-a dos meus olhos que buscam enxergar a tua nudez da forma mais plena.  Procuro com todo o ardor que há em mim a revelação de tua pura sensualidade.
        
        Tu nublas a beleza da imagem do teu sexo despido com as nuvens de tuas vestes, sendo que passado algum tempo, resolves revelá-la a mim para o grande contentamento da minha alma. É tudo um jogo de sedução da tua parte, afinal tens o intuito de me enlouquecer com tal jogo, aumentando em dentro do meu coração o desejo em possuir-te desmedidamente.
        
        Meu corpo anseia pelo supremo entrelaçamento com o teu, este busca aquela união onde nossas naturezas se misturem, conjuguem-se, levando-nos ao destino certo, reservado apenas as almas gêmeas; de tornarem-se uma só essência.
        
        Quero a tua boca, teus seios, teus braços e pernas, imploro pelo calor aveludado do teu ventre, ardo-me de vontade em sentir o perfume rosáceo de tua pele, e, sobretudo, tocar teus pelos púbicos; as relvas negras e ardentes da savana de tua sensualidade feminissima.
        
        Trilho este caminho que é ter nas palmas das minhas mãos toda a tua estética perfeita corporal, sendo teu homem, sendo teu incansável amante, nunca desistindo desse intento que é possuir-te paulatinamente todos os dias da minha existência.  Emaranhar-me em ti é experimentar todas as delícias de um paraíso construído pelos próprios deuses.
        
        Quando meu corpo está mergulhado no mar de arrebatamento orgástico do teu, eis que me contemplo totalmente divino, filho da terra e do céu.  Realizo-me dentro de uma experiência mística inigualável, onde quando estou preenchendo-te, percebo que eu e ti, homem e mulher, estamos ligados a uma força superior, uma força que nos harmoniza e nos equilibra entre as energias do Yin e do Yang.

- ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS 

1 Comentário:

Meiríssima disse...

Deveras ser muito instigante imaginar como é para um homem a sensação de estar dentro do corpo da mulher. Como quem mergulha na água... é perfeita a comparação. Posso até começar entender a relação homoafetiva sobre essa busca em mergulhar e o sentir mergulhando. Incrível!

TEXTOS E CRÔNICAS DO ANJO DAS LETRAS. © Copyright 2007 - 2017 | Design By Gothic Darkness | Editado por Lizza Bathory