Google Translate

Os elefantes monoteístas estão chegando...cuidado!

terça-feira, 30 de dezembro de 2014.
          Cuidado com aqueles que te escravizam, eles usam como correntes para te aprisionar os seus dogmas, inseridos em sua doutrina-religiosa de morte. Cuidado, oh, meu amor, com os monoteístas, eles tem a misoginia correndo livremente em suas veias,  adoram um deus-macho, que não entende as tuas TPMS, que considera o teu sangue sagrado menstrual pecaminoso, e que, sobretudo, acha que o “HOMEM” tem de ser a tua cabeça pensante.

          Ah, mulher, não escute a panfletagem dos príncipes vestidos de roxo, nem dos xeiques cheios do vil metal, vestidos de paletó e gravata, sapateando em cima do púlpito da sua própria vergonha, criando “O REINO DO CÉU UNIVERSAL DO DINHEIRO,” prontos para tirar de ti até o teu ultimo centavo.

          No sacerdócio deles, a manipulação da vontade é a sua principal arma, então, se não deixares te manipular, eles te ameaçam com o castigo do fogo eterno do inferno, afinal, se não fores pelo bem, vais pelo mal mesmo, o que importa é que tu lhes és uma “OVELHINHA” que não pode escapar de suas garras escuras.

          Os elefantes misóginos do monoteísmo estão chegando, e vão esmagar debaixo das suas pesadas patas a quem lhes imponha obstáculos; saiba, oh, mulher, que a opinião feminina para eles nada vale, pois, até hoje, como no passado, eles temem o poder sagrado do útero, tremem diante a força santa do sangue da tua menstruação, desdenham do seu dom de bruxa que conhece todos os segredos curativos das ervas da terra. Gritam de ódio e horror quando pensam que tu possuis, oh, bendita alma feminina, o verdadeiro e antigo sacerdócio, reconhecido e autenticado pelas deusas e deuses antigos.

          Hoje não é mais o cristo deles que está crucificado no madeiro, e sim, tu, menina de madeixas longas e encaracoladas, pois, para o poder do homem ser absoluto é necessário que a mulher não tenha poderio algum. O patriarcado destruiu a religião da Deusa com o intuito de usar o “FALO” como espada que tem sede de sangue, para conduzir o “ÚTERO” à submissão total e completa.

          No entanto, digo-te, minha amada, que a Deusa não está morta, muito ao contrário, está viva e reinante entre nós, humilde e quase silenciosa, não é mais a Senhora da religião dominante, mas, ela espera pelo momento certo para tomar de assalto todos os corações humanos, que, súplices, pedem a sua volta redentora, para que ela quebre os grilhões impostos pela tirania do monoteísmo patriarcal.

-ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS

1 Comentário:

Cristal de uma mulher disse...

Realmente meu querido cada letra me parece um mito consagrado a nós mesmos na verdade absoluta do que acreditamos..Nesta terra mãe o doce do mel e o cristal das águas..tudo para nós que acreditamos no simples e verdadeiro tesouro ...beijos eternos amado

Feliz 2015

TEXTOS E CRÔNICAS DO ANJO DAS LETRAS. © Copyright 2007 - 2017 | Design By Gothic Darkness | Editado por Lizza Bathory