Google Translate

Minha Senhora lunar

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015.
       Senhora lunar; tão misteriosa e silenciosa como a lua, esta deusa-branca, fonte de inspiração para os poetas de todos os tempos.  Irmã da noite, musa notívaga, tem todos os segredos da magia em tuas mãos, a alcateia de lobos te escolta sob a doce penumbra da madrugada, protegendo-te dos inimigos da alma feminina.

          Tens o pentagrama tatuado em teu espírito, e os guardiões dos quatro elementos da natureza andam contigo; confidenciando-te os mistérios sagrados de Gaia.  Presta adoração a Grande Deusa, levantando as tuas mãos na direção da lua, a luz prateada que procede dela, ilumina a nudez da pele do teu formoso corpo.

          O vento benfazejo acaricia a tua cútis aliviando-te do calor, teus cabelos louros soltos te emprestam uma beleza de uma Valquíria invencível, é até possível contemplar a glória de Odin, como um portentoso sol; brilhando sob a tua face.

          Sozinha, te encontras no alto de um monte, pronta a invocar o poder milenar da Antiga-Mãe.  Homem algum consegue te dominar, em teu interior não há espaço para as leis e as regras do império patriarcal, a espada da matriarcalidade divina e profana empunhas em tua mão; contra as bestas servidoras do “FALO”, assim como teu nobre coração está fechado para a espiritualidade cega dos monoteístas.

          O “GRANDE ESPÍRITO” ilumina-te com sua sabedoria e amor, e te conduz ao caminho da fraternidade com todos os seres vivos.  A árvore da vida, o carvalho de Geia está plantado em teu seio. Os deuses da natureza respondem a tua oração, sorrindo alegremente para ti.  O sol e a lua te tornaram a sua amantíssima eleita.

          Oh, mulher, os homens buscam em vão o “SANTO GRAAL” na forma de um cálice, como eles são tolos, mal sabem, que este precioso tesouro, nada mais é que, o teu “ÚTERO SAGRADO”.

          Venha a mim Senhora lunar, e santifica-me com o “EROS BENDITO” deste teu corpo que é fonte infinita de delícias dulcíssimas. Mãe do puro amor, Lilith revelada, ponte sacrossanta que me conduz por inteiro; ao reino mágico dos antigos deuses, os verdadeiros criadores desta raça, chamada de “HUMANA”.

-ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS
TEXTOS E CRÔNICAS DO ANJO DAS LETRAS. © Copyright 2007 - 2017 | Design By Gothic Darkness | Editado por Lizza Bathory