segunda-feira, 20 de abril de 2015

Amor secular

         Estás postada diante as portas seculares do meu castelo, tua intenção é invadi-lo com o intuito de tomá-lo completamente, oh, bruxa de beleza que não se consegue conter.  Meu coração é para ti um oceano revolto de paixões efervescentes, afinal, não consigo controlá-las quando estás próxima de onde eu estou.

         Trazes em teu peito as antigas canções que embalaram amores proibidos através da passagem dos séculos.  Então as canta para mim desejando que o meu coração apaixonado se lembre delas, deste modo, eu possa cantá-las de volta para ti.

         Eis que te pertenço desde eras imemoriáveis, sim, o nosso amor foi escrito no livro sagrado dos eternos avatares.  O sol o testemunhou inúmeras vezes sob o sagrado chão da terra, pois, em vidas passadas nos reencontramos repetidamente.  

         Agora meus ouvidos ouvem teu chamado, o canto da Senhora do lago arcaico, és a sacerdotisa da Grande Mãe, és a manipuladora das mágicas ervas, aquela que guarda em si a virgindade austera, mas, também o meretrício divinal.

         Venha, oh, mulher dos meus encantos, entrai em meus domínios, tomai-me em tuas mãos, e ateai em mim o fogo singular do teu espírito mouro, profano e santo.

         Que no campo poético da minha alma de homem, tu possas pairar como uma pomba branca e santificante, fazendo nascer no solo fértil dela, o trigo do teu amor inconsumível.

         E que da essência deste trigo eu possa forjar o pão sacro-profano da tua feminilidade diviníssima, para poder comê-lo nos tempos das mais duras tempestades que, passarem pela minha existência, firmando-me na segurança indestrutível do teu sentimento romântico.

-ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS                  

2 comentários:

Emilio Fernandez disse...

Los espíritus sin tiempo tienen amor eterno,si no se encuentran en esta vida lo harán en la siguiente, o en la siguiente; el amor es así. Usted ha roto la barreras del tiempo y el espacio. me gustó. Saludos

Emilio Fernandez disse...

He leído AMOR SECULAR hice mi comentario y no se si salió publicado. En resumen, me gustó ese amor espiritual que rompe las barreras del tiempo. Transcendiendo vidas tras vidas.