Google Translate

Amor impetuoso

segunda-feira, 18 de maio de 2015.
       Não me diga que me amas se ainda não ungiste os meus lábios com um beijo que me tire os sentidos.  Agora acabou-se o tempo de brincadeiras, eu não vou te dar espaço para que recue, o momento é de entrega total, pertençamos  um ao outro sem medo ou titubeios.

         O meu corpo clama pelo teu desde as primeiras horas do dia, estar dentro de ti é uma necessidade primária para mim.   Durante todas as horas em que ando e labuto em cima da terra, respiro-te de forma incessante, oh, cotovia, que sobrevoa libertinamente os céus de desejos do meu coração.

         A minha língua fica em brasa quando teus ósculos a alcançam, através dela eles santificam toda a minha carne, fico assim todo pronto para receber-te em meus braços, estes te sentem dádiva, graça vinda de um paraíso espiritual perdido.

         Tu te encaixas em mim com perfeição, somos duas peças de um quebra-cabeça que se combinam, somos arroz e feijão, luz e trevas, o sol e a lua, a morte casando-se com a vida.

         Se escuse de me proibir de fazer contigo, aquilo que supostamente não é permitido, em nossa alcova de vertigens libidinosas a lei dos moralistas hipócritas têm pouco valor, aqui o que impera é a nossa satisfação pessoal.  É o mel puríssimo tocando com a sua doçura o dorso da língua, é o gosto gelado e delicioso do vinho de safra rara impregnando o paladar. É a brisa fresca e benfazeja que bate; aliviando a pele do calor insuportável, numa só palavra, é o gozo atingindo-nos como uma lança de fogo, onde a mão que nos fere com a sua ponta; é a mão de um anjo.

         Não te atrevas a me dizer que não consegues viver sem mim, sem antes, acender em meu seio sedento, a chama inapagável do teu amor carne/sensual.  Sem antes me transformar com tal chama em um homem-tocha, para que eu cada vez mais, me consuma dentro do calor deste teu amor impetuoso.

- ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS       

Comentários:

TEXTOS E CRÔNICAS DO ANJO DAS LETRAS. © Copyright 2007 - 2017 | Design By Gothic Darkness | Editado por Lizza Bathory