Google Translate

Encontro em meio às sombras

sábado, 2 de maio de 2015.
          Encontro-te em meio às sombras, perco-me no lampejo da luz dos teus beijos.  Doo-me a ti sem medo ou restrições, assimilo-te em minha pele absorvendo-te através de abraços cheios de transpiração.

          Sussurro palavras tocadas pelo amor em teus ouvidos, tento com isto aproximar-me de teu coração, convencê-lo da verdade dos meus sentimentos por ti.  À noite já caí sobre nós como um manto negro pontilhado por estrelas salpicantes.  Sinto-me deste modo atiçado em acariciar-te tomado por um frenesi febril.

          Torço para que esta noite seja eterna, onde a soma dos minutos se transformam em horas, sim, e que estas passem com imenso vagar.  O leito aonde nós iremos deitar, irá testemunhar o exercício notívago e sensual dos nossos corpos, estes que estarão incinerados pelas chamas do nosso desejo desenfreado. 

          Tanto eu como tu, desejamos juntos, explorar os pontos mais sensíveis do corpo um do outro, anelando sentir o prazer carnal em sua intensidade máxima.  Meus ouvidos anseiam em ouvir-te gemer de tal forma, como se eles estivessem ouvindo uma melodia doce em sua sonoridade e excitante em suas notas, como se esta fosse cantada pela boca de uma jovem e bela ninfa.

          Nesta noite é da minha vontade morar dentro de ti como se eu fosse um anjo, consolado e confortado por ter o teu interior como o meu templo, sentindo de forma arrasadora, as delícias arrebatadoras que apenas tu, oh, amada, pode me proporcionar.

-ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS         

Comentários:

TEXTOS E CRÔNICAS DO ANJO DAS LETRAS. © Copyright 2007 - 2017 | Design By Gothic Darkness | Editado por Lizza Bathory