Google Translate

Pistoleira de seduções delirantes

sábado, 23 de maio de 2015.
         A tua pistola de seduções já está engatilhada eu sei, não passo de mais uma presa indefesa que se encontra cativa em tua teia. 

         Tu me pergunta se estou reclamando por conta disto, e eu te respondo que não, afinal, ser prisioneiro dentro deste teu cativeiro de amor se configura no sonho mais embevecedor para mim.

         Ah, pistoleira libertina, que dispara balas de beijos e carinhos quentes que me ferem docemente tanto em meu corpo como em minha alma.  Sangro desmedidamente vertendo das minhas veias o líquido rubro da luxuria.

         Meus dias desde que me feriste desta forma passam com eu sonhando contigo acordado.       

         Chamam a mulher de sexo-frágil, ah, quanto engano meu amor, porquanto, somos nós homens que nos fragilizamos quando apaixonamo-nos por vós, as ditosas filhas de Eva.

         Teu corpo nu é o porto seguro onde atraco a nau da minha carne excitada pelos teus cantos de cotovia encantante.  Agora eu só consigo ser eu quando me vejo e me sinto dentro do teu útero de deusa-donzela.

         Sim, é apenas morando nos suntuosos casarões dos teus orgasmos delirantes, que eu sou capaz de me perceber como um homem em toda a sua plenitude.   

- ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS

1 Comentário:

Cristal de uma mulher disse...

pistoleira do amor me encanta meu poeta fascinante !

Cheguei agora a São Paulo e logo entro em contato contigo.

Te quero muito ,,bjs

TEXTOS E CRÔNICAS DO ANJO DAS LETRAS. © Copyright 2007 - 2017 | Design By Gothic Darkness | Editado por Lizza Bathory