Google Translate

Busco em tua carne o prazer nunca antes sentido

sexta-feira, 4 de março de 2016.
Busco em tua carne o prazer nunca antes sentido; experimento todas as delícias que nela moram, o odor do teu suor, o gosto da tua pele morena transpirada, o escutar dos gemidos que escapa de tua boca, a reunião destas coisas todas, levam-me a uma loucura sensual que nem a minha cabeça chega a compreender.

Em dentro dos nossos lençóis me sinto totalmente possuído pelo teu espírito de mulher amante, aquela que me faz dizer e realizar palavras e atos inauditos de amor e desejo nestes instantes da mais absoluta intimidade.  Então levado pelo que sinto por ti, toco-te com um ardor tal que, consigo arrancar de tua garganta, gemidos ensandecidos que fazem estremecer os céus, tamanho a força da obscenidade que procede deles.

Minhas mãos tateiam os cantos e recantos do teu corpo para fazer-me encontrar o mel da tua sensualidade incandescente, meus olhos admiram-se a todo o momento com a tua beleza de sereia jovem.  A minha língua sedenta; com seu toque libidinoso, tenta saciar esta minha sede por prazer, bebendo das águas sagradas e dulcíssimas que escorrem de tua intimidade triangular.

Através dos beijos plenos em fogo que te dou, faço escorrer em ti o óleo da doçura do meu querer pelo teu espírito de mulher desejável, não canso em nenhum momento de oscular-te, oh, ninfa bronzeada do meu coração apaixonado.  Entrelaçado a tua estrutura corpórea, sinto-me tomado pela tua força de mulher leoa.

Levado pelos movimentos ondulantes de tuas ancas morenas; derramo em teu seio feito de carne e luz, um tsunami das minhas ferventes águas seminais em um orgasmo que me faz urrar, sonhar, extasiar-me dentro de um arrebatamento simplesmente nirvânico.

- ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS.

Comentários:

TEXTOS E CRÔNICAS DO ANJO DAS LETRAS. © Copyright 2007 - 2017 | Design By Gothic Darkness | Editado por Lizza Bathory